terça-feira, 29 de julho de 2014

GRATIDÃO.



DOU GRAÇAS A DEUS PELO QUE NÃO FUI

Dou graças a Deus pelo que não fui.
Louvo ao Senhor por me ter ajudado a ser o que agora sou;
Por ter-me dado a família onde cresci
E ser parte desta onde hoje sou.

Pelos amigos que tive e são agora saudade,
Por estes que agora preservo e muito estimo,
Pelos sentidos que me moldaram a vontade
E me ajudaram a caminhar sem tropeçar nas pedras do caminho.

Sem saber quando será o fim da caminhada,
Vivo hoje como se amanhã não houvesse;
Sem esquecer que este que sou é nada,

Tenho sempre em mente que o tempo rápido fenece
Qualquer obra feita ou mesmo inacabada
Por mais nobre e louvável que pensado tivesse.

Remígio Costa, 2014.07.29



2 comentários:

  1. Bela oração e com bons motivos de felicidade. Parabéns!

    ResponderEliminar
  2. Muitos parabéns Sr. Remígio. Continue sempre a deliciar-nos com a sua escrita.

    ResponderEliminar