sexta-feira, 11 de julho de 2014

BRINQUINHOS DA MINHA ALDEIA

                                         A CAPELA DA SENHORA DO PILAR



                           Calculo que haja ainda alguns lanhesenses que se recordem das ruínas de uma pequena capela que existiu no lugar do Romão, situada bem perto da berma estrada 202 que liga Viana do Castelo a Ponte de Lima pela margem direita do Lima. A última imagem que retenho na minha memória é a de um resto de paredes cobertas de silvas e eras e, no interior, um nicho e uma lage no solo rente ao restava da parede do fundo.

                      Atualmente, não existe o mínimo vestígio do pequeno templo cristão no local que está completamente urbanizado em tempos recentes, tendo havido a sensibilidade e o bom senso de assinalar com um padrão a memória da sua existência, cuja fotografia se publica acima.

                      A capela que ali existiu era privada e terá pertencido a Manuel Alves Sendim, fidalgo da Casa de Sua Majestade e residente em Viana do Castelo, que, em 1667, requereu e obteve licença para que se pudesse celebrar-se missa na Capela de Nossa Senhora da Conceição* que terá sido a primeira designação, a qual, posteriormente, veio a ser dedicada a Nossa Senhora do Pilar sem que esteja esclarecida a razão por que assim aconteceu.

                     Sabendo-se que a linha da atual estrada coincidia com o antigo caminho que ali existia e servia a ligação acima referida, pode aceitar-se sem esforço que a Senhora do Pilar tinha muitos e fervorosos crentes que utilizavam a via em grande número. Existem ainda algumas das pedras de que se compunha a estrutura da Capela que estão na posse de um particular desta localidade.


* (v.g. Subsídios para uma monografia, prof. Gabriel Gonçalves.)

                      

Sem comentários:

Enviar um comentário