sábado, 1 de Novembro de 2014

COMO TER UM BOM DIA.

sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

ANTÓNIO ZAMBUJO NO CENTRO CULTURAL DE VIANA DO CASTELO




Bilhete: 10 Euros
Locais de Venda:
- Teatro Municipal Sá de Miranda (Horário da Bilheteira, a partir do dia 3 de novembro). Reserva de bilhetes através do e-mail tmsm@cm-viana-castelo.pt, sujeita ao levantamento dos mesmos num prazo de 24 horas)
- Centro Cultural de Viana do Castelo (dia 22 de novembro, das 16h00 às 21h00)



POUPANÇA e HALLOWEEN..

       
Man putting money in a bank Free Photo
  (Imagem internet)


            Falar de poupanças no momento atual à maioria dos portugueses é pouco menos que insulto. Tomara a muitos que houvesse para satisfazer o trivial das necessidades o suficiente ao fim do mês, quanto mais um cêntimo que seja para juntar um pé de meia para quando se esgotar o fundo destinado às pensões no resgate dos bancos falidos...

               A verdade é que já houve tempo em que, apesar das dificuldades e dos baixíssimos salários ou ordenados auferidos, com alguma sorte e uma parcimoniosa gestão do que entrava em casa do fim do mês, sempre restavam "uns trocos" para a tal poupança.

              Quando foi instituído o abono de família e a legislação da sua atribuição se enquadrava nos requisitos exigidos, o montante respeitante ao abono de família que me era devido pelos filhos que tinha foram para uma conta que abri em nome deles na Caixa Geral de Depósitos, tendo iniciado as entregas no dia 31 de Outubro, o DIA DA POUPANÇA, e recebido um cofre-mealheiro em grês para cada um deles ir guardando os "tostões" ou ofertas de "nota" se o "rei fazia anos".  Ao primeiro abono de família que depositei, juntei 1 (um) escudo, o que surpreendeu o funcionário da Caixa intuindo que me teria enganado. Disse que não, era assim que desejava por ser dia de poupança e, simbolicamente, estava a praticá-la de acordo com a intenção que estava subjacente à ideia de poupar.. Deste modo, mantendo ininterrupto o depósito ao longo do tempo, pude entregar no dia em que cada um deles atingiu a maioridade a caderneta com a quantia acumulada durante os anos da adolescência. Bem razoável ao tempo, por sinal.

             Mais que a impossibilidade de nos tempos atuais a maioria não poder imitar o procedimento que acima descrevo, choca-me a propaganda que vem a ser feita há alguns anos a esta parte a uma manifestação ridícula importada não sei se de Inglaterra se dos países do norte da Europa sem ter absolutamente nada a ver com a tradição portuguesa e que, ao contrário de constituir poupança é suscetível de originar despesas com máscaras e roupas extravagantes e pinturas que se usam para representar uma figura de bruxa, não incentivando as crianças à poupança nem as alertando para ações pouco edificantes e inapropriadas ao nível etário de quem as pratica, permitindo que andem de porta em porta e incomodar as pessoas nem sempre aceitando de bom grado a rejeição da fantochada que encenam.

             E poupo-me a comentar aqui o modo como o assunto é encarado no ensino oficial.
          







COMBATENTES MINHOTOS DA PRIMEIRA GRANDE GUERRA EM EXPOSIÇÃO NA ESCOLA SECUNDÁRIA DE LANHESES (Viana do Castelo)

   

   ´"1ª Guerra Mundial - História e histórias " é nome de uma grande e completa exposição aberta na Escola Secundária EB 2,3/S de Lanheses (Viana do Castelo), do Agrupamento Escolar de Arga e Lima,  que evoca o centenário da 1ª Grande Guerra Mundial entre 1914-1918, numa participação conjunta do grupo disciplinar de História e a Biblioteca Escolar e a colaboração dos alunos de todas as turmas do 9º ano coordenados pela professora Luísa Rocha. O levantamento desta abundante mostra documental e material respeitantes ao conflito onde interveio um contingente de tropas do Batalhão de Caçadores 9, de Viana do Castelo, que se bateu heroicamente em La Lis, em França no qual estavam integrados soldados desta freguesia, teve prestimosa anuência por parte de parceiros internos e externos ao agrupamento os quais cederam à Exposição relevante material genuino que faz parte do espólio privado dos descendentes dos combatentes.




Horário de visitas -  das 9 às 17 de 2ª a 6ª feira.


último dia da exposição - 11 de Novembro - dia do armistício 



          Esta magnífica Exposição que representa um laborioso e cuidado estudo dos seus promotores para  reunir um conjunto documental incomum e tão valioso sobre o acontecimento, em número e em espécie, conferindo-lhe uma dimensão que outros centros culturais e localidades mais importantes  não desdenhariam apresentar, sendo um ato de reconhecimento e de louvor aos responsáveis pelo seu levantamento, além do enriquecimento cultural que cada um pode usufruir, bem merece que todos que dela tenham conhecimento, ligados ou não à escola, façam uma visita e constatem a sua qualidade e interesse.

         A divulgação fotográfica de material exposto classificado só será autorizada depois do levantamento da Exposição.








quarta-feira, 29 de Outubro de 2014

O FUTEBOL DA NOSSA TERRA - Cartaz de Atividade do Fim de Semana,


                              
                 Tendo vencido no último domingo no seu próprio terreno o Paçô, o União Desportiva de Lanheses (UDL) vai defrontar no seu campo o Vila Fria 1980, tendo oportunidade de diluir a derrota que sofreu no último jogo em casa contra o Ponte da Barca.

                O Vila Fria 1980 segue em 12º na classificação geral com 6 pontos, tendo vencido o Correlhã por 1-0 na última jornada. O UDLanheses é 6º da geral somando 11 pontos.


JORNADA 72014-11-02
UD Lanheses 02/11  15:00 Vila Fria

GD Moreira do Lima 02/11  15:00 Vitorino de Piães

ADC Correlhã 02/11  15:00 Valenciano

Neves FC 02/11  15:00 ARC Paçô

Monção 02/11  15:00 Castelense
SC Courense 02/11  15:00 AD Campos
Melgacense 02/11  15:00 Perre
Atl. Arcos 02/11  15:00 Ponte da Barca


                 A jornada contempla um derby muito interessante entre o Atlético dos Arcos e o Ponte da Barca, 3º e 5º classificados com 13 e 11 pontos, respetivamente

terça-feira, 28 de Outubro de 2014

CELEBRAÇÃO DO DIA DA TERCEIRA IDADE.






UM DIA PARA A TERCEIRA IDADE

Alguém se lembrou de criar
Um dia para dedicar
Aos velhos com muitos anos;
É o da Terceira Idade
Para  alguns de felicidade
Para muitos de desenganos.
Quem com pouco se amanha
Um dia só é bastante
(ninguém garante…)
P´ra velhos, graça tamanha
É uma honra importante.
Que importa serem esquecidos
Trezentos e tantos seguidos
Se um só dia lhes basta?
De resto, entorpecidos,
Quase abúlicos e cismáticos
A remoer tempos idos,
(se recordam…)
Sentem mais os seus reumáticos
E os acessos asmáticos
Que os atos condoídos
De uma sociedade formal,
Capaz de gestos polidos
Mas prenhes de hipocrisia
Que a conduzem à tolice
(que burrice!)
De estabelecer um dia
Para festejar a velhice.

Velho não quer festejos
Só quer carinho e respeito
E que o deixem em paz
Porque o seu maior anseio
É retribuir o bom conceito
Que um Amigo dele faz.



Remígio Costa, 2014/10/21





segunda-feira, 27 de Outubro de 2014

ROGÉRIO GONÇALVES: O ÚLTIMO DEGRAU PARA ENTRAR NO CÉU.

TRAZ O "CANECO" PARA CASA.
bandeiraCompeticao


A SITUAÇÃO PARECE NÃO ESTAR FÁCIL PARA O NOSSO CONTERRÂNEO E AMIGO "AVIADOR",  MAS VAMOS TODOS FAZER FORÇA PARA QUE ELE SEJA FELIZ.
ALLEZ, ALLEZ, F. NAMPULA!

Jornada 26   (ÚLTIMA)                 


                                        Resultados da penúltima jornada
25ª Jornada
Data Hora Visitado
Visitante
25-10-2014 16:00 Costa do Sol 2 - 3 HCB Songo
25-10-2014 16:00 Estrela Vermelha 0 - 1 Maxaquene
26-10-2014 16:00 F. Maputo 2 - 0 Desportivo Nacala
26-10-2014 16:00 Chibuto 1 - 0 F. Quelimane
26-10-2014 16:00 F. Nampula 1 - 0 Desp. Maputo
26-10-2014 16:00 Têxtil Púnguè 2 - 4 Muçulmana Maputo
26-10-2014 16:00 F. Pemba 0 - 2 F. Beira
Classificação

Equipa J V E D GM GS DG P DP
1 Muçulmana Maputo 25 14 8 3 39 14 25 50 0
2 F. Nampula 25 14 7 4 24 11 13 49 1
3 F. Beira 25 13 7 5 29 15 14 46 3
4 HCB Songo 25 12 5 8 32 27 5 41 5
5 Chibuto 25 11 6 8 28 25 3 39 2
6 Desp. Maputo 25 11 5 9 34 27 7 38 1
7 Maxaquene 25 11 5 9 24 18 6 38 0
8 Costa do Sol 25 10 5 10 31 26 5 35 3
9 F. Maputo 25 7 7 11 24 25 -1 28 7
10 Desportivo Nacala 25 7 7 11 21 28 -7 28 0
11 F. Quelimane 25 8 4 13 18 33 -15 28 0
12 F. Pemba 25 5 6 14 17 33 -16 21 7
13 Têxtil Púnguè 25 5 6 14 13 33 -20 21 0
 14 Estrela Vermelha 25 3 10 12 10 29 -19 19