quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

CABEÇAS QUE PENSAM, MÃOS QUE FAZEM.

              As peças de cerâmica referentes às fotografias abaixo divulgadas fazem parte da exposição que os alunos dos 1º e 2º anos da Academia Sénior do Instituto Politécnico de Viana do Castelo, a funcionar na biblioteca da Escola Superior de Tecnologia e Gestão da mesma cidade, executaram no atelier de cerâmica no decorrer do último ano lectivo. A maior curiosidade destes trabalhos é a de que nenhum dos seus autores, apesar de alguns deles possuírem habilitação académica de grau superior, tem formação específica ou alguma vez tinham trabalhado na área de desenho ou cerâmica, sendo os mesmos resultado da inspiração que, surpreendentemente, não sabiam que possuíam dentro de si.





















 A professora Sofia


                              Placard à entrada da Biblioteca Barbosa Romero, no ESTG.

3 comentários:

  1. Senhor Remigio... com o devido respeito e merecida vénia, mas fiquei na dúvida se a sua cerâmica representa três defeituosos camelos ou três parecidos dinossauros!!!
    "Talvez nem uma coisa nem outra", dirá o Senhor Remigio e acrescentará que "qualquer artista plástico que se preze só o será quando consegue confundir os observadores de seus trabalhos".
    Abraço...

    ResponderEliminar
  2. Alguém:

    Pois, no meio de tanta confusão que anda por aí quem é que não confunde camelos com dinossauros? Ou serão dinossauros-camelos?
    Está difícil distinguir...Daí a semelhança.

    Boa noite.

    RC.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ainda bem que voçè existe bravo

      Eliminar