quinta-feira, 13 de novembro de 2014

ASSALTADO O BAR DA CASA DO POVO.

       

        Na madrugada da última terça feira dia 11 de Novembro, o BAR da Casa do Povo de Lanheses foi objeto de assalto por uma quadrilha de pelo menos três meliantes, que se introduziram no interior do espaço estroncando a porta principal depois de destruído o alarme exterior.


        Os assaltantes não foram identificados mas um transeunte natural de Lanheses que passava na estrada cerca das 3:30h e cuja identidade é preservada por razões de segurança pessoal ter-se-à apercebido da intenção dos assaltantes tendo porém optado por procurar avisar primeiro a pessoa que faz a exploração, José Ferreira, e não a GNR local, pelo que os gatunos puderam consumar o assalto sem serem incomodados.



        A máquina automática de venda de tabaco terá sido a causa principal do roubo, a qual foi destruída totalmente no local com um machado que deixaram ficar no chão, gorada que terá ficado a intenção de a deslocar para o exterior em virtude de estar fixada à parede. Esta dedução é fundamentada pelo fato de ter aparecido no terreno frontal à Casa do Povo pertencente à Casa do Paço um carrinho de mão usado na pequena lavoura e ter sido aberta pelos assaltantes uma entrada no muro através do qual passaria a máquina do tabaco, presumivelmente para ser desmontada algures longe do local onde se encontrava.



       Cerca das 10:00h do dia em que o assaltou ocorreu o proprietário aguardava a chegada da brigada especial para recolha de vestígios que pudessem levar à descoberta dos ladrões.




1 comentário:

  1. Gostava de saber se encontraram impressoes digitais,pois outros roubos têm sido cometidos ultimamente em Lanheses.

    ResponderEliminar