sábado, 11 de abril de 2015

OLHA O STOP, PÁ!

             

             Carece de limpeza mas quem o não vê precisa de ir ao oftalmologista.


Quem pretender aceder à Avenida Rio Lima em viatura sujeita ao cumprimento do código da estrada, transitando de nascente para poente vindo do Grémio da Lavoura ou outros locais de comércio que ali funcionam, tem um STOP que o obriga a parar e ceder a passagem a quem, vindo de baixo ou de cima, transita naquela Avenida para chegar à estrada nacional 202. Ora, acontece frequentemente que, por descuido ou abuso perigoso dos direitos dos outros, são poucos os que respeitam o sinal e entram à frente de quem tem o direito de passagem, SEM SE DAREM SEQUER À OBRIGAÇÃO DE OLHAR PARA O LADO ESQUERDO, precavendo-se da possibilidade de causar um acidente. Isto que afirmo é verdade porque passo no local várias vezes por dia e só tenho evitado colisões porque, prevenido, páro e cedo a prioridade, a maior parte das vezes, SEM O INFRATOR SE APERCEBER. Mas se uma vez falhar a atenção...PUM!

            E, já agora, até vou esquecer e deixar de referir que, não raras vezes,  viaturas automóveis estacionam, MESMO EM CIMA DA SAÍDA DO LADO ESQUERDO, o que retira completamente a visibilidade tanto ao infrator como a quem não quer sofrer acidente mesmo com a proteção da lei.

        Ainda há quem se queixe da política da "caça às multa"...

 
 PARE, ESCUTE E OLHE. STOP É PARA PARAR MESMO QUE TRANSITE NO DESERTO>.

Foto: doLethes...

1 comentário:

  1. Remígio:

    O teu reparo é oportuno porque a situação é, efetivamente, perigosa. Espero que nunca aconteça nada de muito grave ali para que leve os responsáveis a tomar, depois, medidas. Entretanto, sugiro o seguinte: como o local faz parte do Largo, a solução seria mudar o STOP para a Avenida Rio Lima retirando a prioridade a quem entra nele! Simples, não é?

    Não sei se outros terão opinião diferente, mas parece que tanto se lhes dá que fique como está ou seja mudado. Andam tantos a teclarar nos telemóveis que, provavelmente, nem tempo têm para comentar com duas linhas o que vais noticiando e divulgando no "nosso" doLethes.

    Passa bem.

    Remígio.

    ResponderEliminar