domingo, 29 de junho de 2014

MARCHA DA RIBA LIMA BRILHA EM SANTA MARTA DE PORTUZELO (Viana do Castelo).

      
                                                              Primeiro elas.

   Ontem à noite, a marcha da Riba Lima foi desfilar a Santa Marta de Portuzelo a convite dos organizadores da festa de S. Pedro que decorreu no largo do Souto junto à antiga Escola Primária daquela freguesia.

         A marcha de Lanheses constituída na maioria por elementos de idade do grupo sénior mas  integrada também de participantes mais jovens, foi a segunda a desfilar entre seis agrupamentos presentes no festival, exibindo-se perante uma razoável assistência que aplaudiu com entusiasmo os números apresentados pelos marchantes lanhesenses.

                                        Depois todos.

        Uma marcha formada por crianças que frequentam os primeiros anos de ensino abriu o espetáculo, o qual teve ainda a participação das marchas de Junta de Freguesia de Santa Marta e do Rancho Folclórico da mesma freguesia.


       A marcha da Riba Lima vem sendo preparada há já várias semanas na sede da Junta da Freguesia que a patrocinou, tem como principal criadora e orientadora Catarina Vale coadjuvada por elementos do grupo.. A confeção do vestuário e a conceção e coreografia é obra de algumas das participantes e as letras cantadas são originais da autoria de Irailda Sousa que também deu a voz ao conjunto de concertina, acordeão e caixa que integra a marcha.

                                A letra da Irailda, para ansaiar.

       Depois do programa desenvolvido nesta freguesia há cerca de três anos no âmbito das açoes a cargo da Câmara Municipal de Viana do Castelo no âmbito da ocupação dos tempos livres e de lazer da terceira idade, o qual decorreu sob a orientação de Joana Barros com a colaboração de Catarina Vale, as iniciativas vocacionadas para ocupação dos idosos tornaram-se mais esporádicas e circunstanciais e sem apoios significativos o que onera as bolsas dos próprios participantes pelas despesas que assumem, mas, apesar disso, mantém-se viva o gosto e a vontade em nelas participar por grande número de interessados.

                                Quinteto "a sério", deu show no palco.

     Há, pois, imperiosa necessidade de criar localmente uma estrutura formal para congregar todas as vontades latentes em participar em atividades culturais e de lazer, em que se conjuguem o entusiasmo e a juventude dos jovens com o saber, a experiência e dedicação dos mais avançados em idade.


                                     A VERDADEIRA MARCHA RIBA LIMA









                                                      OS PADRINHOS






                         Irailda Sousa, autora da letra da marcha e intérprete na voz.

                               O Fernando Cunha, dessedentando-se depois do esforço.


                                                      O Zecas, atento.

                                              Posar para a fotografia
      

                                                          Duas companheiras e amigas
                                                 Idem, idem.

                                Apresentador de circunstância
      
                                  Juvenis de jardim infantil
                                            Marcha da Junta de Freguesia de Santa Marta

                                                                      F    I     M

Texto e fotos; Remígio Costa.

Sem comentários:

Enviar um comentário