segunda-feira, 7 de outubro de 2013

PRESIDENTE DA JUNTA DE LANHESES, EZEQUIEL VALE, DESPEDE-SE DO EXERCÍCIO DO CARGO COM ESPECTÁCULO NO AUDITÓRIO.





EZEQUIEL VALE, presidiu ao executivo da Junta de Freguesia nos últimos dois mandatos.

EZEQUIEL VALE ENCERRA CICLO NA PRESIDÊNCIA DA JUNTA COM ACTO DE VARIEDADES NA SEDE.

          Enquanto presidente da Junta da Freguesia de Lanheses em fim de mandato (por opção não foi candidato às últimas eleições que seria o seu terceiro e último por imposição legal, caso saísse vencedor), Ezequiel da Silva Vale promove, no auditório Gabriel Gonçalves, na sede da Junta, um último evento escolhendo como tema de fundo a recreação da actividade de teatro popular que foi, em tempos ainda não muito distantes, uma das tradições mais antigas e preferidas dos lanhesenses. Aquele objectivo será concretizado através da apresentação de uma comédia original de teatro com a duração de cerca de quinze minutos, com o título de “Regresso à Escola Primária - Alunos Inteligentes”, cuja interpretação estará a cargo dos actores amadores Luís Gonzaga Franco, Luís Agra  Gomes (Zé Fires) e Isilda Vale Aguiar, enquanto Rosa Castro (professora do ensino secundário) dará vida à figura de professora, todos naturais de Lanheses. O tema da peça configura uma aula da escola primária do século XX, no ambiente pré-Abril de 1974.

Êxito garantido pela valia do elenco dos actores seleccionados, todos eles com valor e reconhecida experiência na arte de Talma.

Outros números e personagens irão compor o programa completo do espectáculo que fecha o ciclo de Ezequiel Vale na presidência da Junta de Lanheses, com inclusão de espaços para a música e para a dança a cargo de alunos de academias cuja identidade será divulgada oportunamente.

Os ingressos para aceder ao Auditório onde o espectáculo decorrerá, já na próxima sexta-feira, dia 11, às 21,3h, estão disponíveis nos serviços administrativos da Junta de Freguesia.

24 comentários:

  1. Foi, de facto uma boa ideia da parte do Prof. Ezequiel, pena ser, na hora da despedida! O teatro em Lanheses tem uma existeancia muito perto de cem anos!
    Seria ingrato que, pelo menos nao chamar-se aqui, alguns dos que tantas horas,
    "robaram" as suas horas de descanso so, e apenas porposionar uma noite de alegria. Pordoem se nao lembrar de todos: Mas tais como Abinal Pensais,Jose P.Agra (Ze Gordo) ,Manuel Dias (Mimoso), Francisco Dias,Rogerio Agra, Alvaro Agra, Domingos Casemiro Gomes,Remigio Costa, Mamuel Palma, Rosa Gomes e irmas,Casemiro de Oliveira,Ines Arieiro , Alvaro Pereira (Alvaro de Angelina)e Rosa Catro. Encenadores teremos que fazer justica ao Prf. Gabriele
    Goncalves ao Padre Alberto Pinto Faria e a Remigio Costa. E uma tradicao que nao
    deveremos passar, mas passar a esta nova geracao.No meu tempo mandamos fazer uma bandeira para, assim perpectuar o grupo que tantas horas de alegria nos
    deu a todos,arraizando amizades para o resto da vida!
    Por isso estou aqui, agora e ja para mesmo de longe estar com a feliz iniciativa.
    Parabens ao Prof.Esequile, ao Luis Gonzaga,ao Luis Gomes,Izelda Aguiar e a Rosa Catro.
    Manuel Horacio Lima De Jesus

    ResponderEliminar
  2. Perdao!! Esqueci-me da Alice ,que bem maquilada era de facto uma mulher bonita.
    Manuel Horacio Lima De Jesus

    ResponderEliminar
  3. Mas como eu me fui esquecer da minha querida amiga Dr. Rosa Castro que tanto tempo deu tanto ao teatro,ao jornal (Noticias de Lanheses) e a politica? Peco-lhe que me perdoe!
    Manuel Horacio Lima De Jesus

    ResponderEliminar
  4. Serà que "Rosa Catro"" e "Rosa Castro" não é uma e a mesma pessoa??

    ResponderEliminar
  5. Ezequiel é o rosto da maior fraude eleitoral conhecida até hoje em LanheZes -refiro-mo-nos às gigantescas promessas efectuadas e às migalhas de projectos realizados, tendo em conta as centenas de milhares de Euros de receitas, durante oito anos, ampliadas por uma gigantesca máscara de propaganda que inclui gastronomia e fotos muito coloridas- Não é fácil recolher todos os dados. Pede-se-lhe,por isso, que disponibilize no SITE da Junta de Freguesia, com urgência, os Planos de Actividades, Relatórios de Prestação de Contas, actas da Junta e da Assembleia de Freguesia e os Regulamentos (Cemitério, Taxas, Outros)dos ùltimos oito anos. Não é nenhum favor porque Freguesias da dimensão de LanheZes já à muitos anos praticam essa TRANSPARÊNCIA ADMINISTRATIVA E FINANCEIRA para com os seus concidadãos.
    E o povo diz que "quem nada deve nada teme".
    Aguardemos então, guardando os rascunhos, pois dará um interessante livro!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O excelentíssimo sr. doutor Ezequiel Vale contribui imenso a nível de infraestruturas da nossa querida freguesia de Lanheses.

      Eliminar
  6. Não é. "Catro" deve ser corruptela de pessoa da família que admira.
    RC.

    ResponderEliminar
  7. Nao vira por ai o mal ao Mundo,."Gosto" destes anonimos que estao sempre, tao honestamente prontos, vindos da vescuridao, para informar e corregir!!Desculpe!
    Manuel Horacio Lima De Jesus

    ResponderEliminar
  8. Gostaria daqui , como lanhesense, fazer justica ao Prf. Ezequiel, mas nao
    me encorajo a meter as maos em comentarios anonimos.Agora, que nao me poderao acusar de nenhum favoretismo, e, embora tivessem existido algumas divergencias entre nos, nao poderei negar, so por isso,que o Prof.foi defacto um
    dos melhores presidentes que passou pela nossa freguesia.Claro que ainda hoje
    nao concordo com algumas iniciativas, mas isso sera a minha opineao ( e vale o que vale so para mim) Nesta hora que democraticamente ira tomar outro rumo,eu
    pessoalmente lhe desejo sucesso no proximo passo que se seguira.Claro, e como diz o meu amigo Remigio Costa, tambem ele sobe estar a altura das criticas que sempre lhe foram feitas.Espero que os sucessores saibam estar a mesma altura
    ( o que nao acredito muito...) Parabens Prof. Ezequiel.
    Manuel Horacio Lima De Jesus

    ResponderEliminar
  9. o ezequiel é o rosto do trabalho e da seriedade em lanheses. nisso todos concordamos. nada a apontar.fez coisas muito boas, lá isso fez. contudo julgo não ter tido consideração nem pela freguesia nem pelo colegas. vai embora porque sabe que vem aí um mandato dificil. vai haver muita falta de dinheiro e existe obras(ex.cemiterio/.....) que não as fez.preferiu fazer algumas outras obras. obras importantes para lanheses e algum folclore á mistura. e em vez deste folclore podia se ter dedicado a essas obras que são essenciais.não ficou para as fazer.. deixando essa responsabilidade para os outros quando ele as podia ter iniciado ou trabalhado para isso.votei nele mas tenha este importante senão. procede mal. FR

    ResponderEliminar
  10. Ao SR. FR. do 13:42
    Na minha opineao, tem vindo a ser preparado a que chamamos "UM GOLPE PALACIANO" que irei explicar ao "pormenor" apos a tomada de posse.Nao tera nada a ver com vacas gordas ou magras.Porque seria que o Prof. nao continou?
    Manuel Horacio Lima De Jesus

    ResponderEliminar
  11. chegou a hora de o dexarem tranquilo david

    ResponderEliminar
  12. O meu apreco e consideracao pleo Senhor David que sempre que tem que fazer algum comentario assina o seu nome.Desejo-lhe por terras de FRANCA (creio) as maiores "aventuras"
    Manuel Horacio Lima De Jesus

    ResponderEliminar
  13. Ao sr. M. Horácio tenho a recorda-lhe que mal o seu amigo prof. Ezequiel tomou posse a oito anos o senhor desmantelou e retirou o parque de estacionamento, e o passeio em frente á casa do povo de Lanheses, e vedou toda a propriedade!. será que agora vai devolver mais uma vês ao domínio publico? Ou vai devolver os cubos que a freguesia pagou! O senhor é um troca tintas!... gf

    ResponderEliminar
  14. Sr. Remigio existe nestas escritas uma imperfeição(vergonha) que a mim não me passa despercebido: 1-são sempre os mesmos a escrever asneiras( 2 ou 3), 2- existe aqui uma pessoa(todos sabem quem é) que ora assina ora é anonima conforme o seu interesse.é reprovável, é vergonhosa atitude deste senhor. francisco rodrigues(JR)

    ResponderEliminar
  15. Diga me quem e e depois falamos..eu nao contesto a anonimos, eu estou pronto a dar-lhe uma resposta...
    Manuel Horacio Lima de Jesus

    ResponderEliminar
  16. E mais se O Sr nao sabe respeitar eu ver ter que o mandar esconder-se no mesma buraco que saiu...(Ja tardava)

    Manuel Horacio Lima de Jesus

    ResponderEliminar
  17. Meu Caro Amigo Remigio Costa, pedia-te o favor, se entenderes,e como ausente
    eu nao o poderei fazer.Passavas,como jornalista, pela secretaria da junta e:
    Pedias os tres documentos que la estao arquivqdos- Contrato com a Camara de Viana, respeitante a doacao do terreno do Centro De Saude, para ver quais foram as minhas propostas. Outro documento respeitante ao parque privado e um terceiro assinado por mim e pelo Prof.Ezequile para p alargamento do rua de Casal Maior.Como estas a verificar eu terei que responder a um certo "anonimo" mas antes tera que se identificar devidamente.Faz-me esse favor se o entenderes.
    Um Abraco
    Manuel Horacio Lima De jesus

    ResponderEliminar
  18. Troca tintas é pouco!
    Lembro-me de uns comentários que o sr. Horácio queria colocar no outro blog, como anónimo, mas correu mal e saíram com a sua conta!

    Anónimo.

    ResponderEliminar
  19. Caro Manuel Horácio:
    Não posso (não devo), ainda que isso fosse tarefa fácil de executar, aceder ao teu pedido por razões de equidade em relação a todos os visitantes do blogue. Como sabes não sou, nem quero passar por ser, jornalista até porque nem estou capacitado legalmente para o ser. Posso até pensar que os mesmos me poderiam ser negados por não estar legalmente acreditado.

    Por outro lado, podes solicitar os documentos que pretendes, e tens esse direito garantido pelo Código do Procedimento Administrativo como bem deves sebar, directamente à Junta de Freguesia através endereço

    jflanheses@mail.telepac.pt

    Entretanto, informo-te de que apenas anui à divulgação do comentário que te envolvia para teres oportunidade (se a quisesses usar) de esclarecer esta questão que, localmente, tem versões ao gosto de cada um.

    Um abraço.

    Remígio Costa.

    ResponderEliminar
  20. O prof.Ezequiel Vale ficará para sempre na história de Lanheses. Fez uma grande obra. Basta recordar e reler a entrevista realizada pelo sr. Remígio. Para além da seriedade e empenho, conseguiu muito em tempo de vacas magras. Será que querem comparar a conjuntura económica dos oito últimos anos com a do tempo do Zé Manel? Ezequiel deixa-nos um Parque Verde excelente, um auditório de qualidade, largos todos requalificados, as vias alargadas e com bons pavimentos, uma identidade e dinâmica cultural que se começava a perder, mais segurança com a rotunda da ponte, semáforos e novo posto da GNR, um eco museu e núcleo museológico, livros, filmes, um barco único, etc.. Teve muita influência e papel preponderante na aprovação da creche e do futuro lar. Apoiou o projecto de requalificação do campo de jogos e iniciou o melhoramento da zona envolvente. Começou o alargamento da avenida entre a escola e a igreja. Acabou com as panelinhas. Estas são coisas de que me lembro deste autarca, trabalho que acompanhei e observei. Parabéns e sucesso para o que vier a fazer no futuro. Agora como diz o David deixem-no descansar um bocado

    ResponderEliminar
  21. A PROPÓSITO DE ANÓNIMOS E IDENTIFICADOS
    O autor do bloger e alguns comentadores têm opinado no sentido de diabolizar o(s) comentador(es) anónimo(s).
    Nem tudo ao mar nem tudo à terra. Como em tudo na vida há anónimos muito bem-intencionados, outros não. Porque será que muitos donativos a Instituições(especialmente religiosas), ajudas a pessoas com dificuldades, etc. etc. são anónimas? E quem é que não conhece identificados/declarados sempre prontos para o exibicionismo e hipocrisia, tirando “partido” da desgraça alheia? Sabiam que grande percentagem da criminalidade e a quase totalidade da corrupção de “colarinho branco” só é descoberta por denúncia anónima? Não sabem que o ser humano é vingativo por natureza e em Lanheses até há um partido politico organizado tipo máfia italiana? Desconhecem a pressão e o “controlo-social” que se exerce em meios rurais todos se conhecem e o práticamente anonimato que se vive em meios urbanos?O que importa, Senhores comentadores, é perceber o que se diz e como se diz sendo, na maioria dos casos, irrelevante a forma! Por fim, confesso que prefiro um alcoólico anónimo a um borrachão declarado.

    ResponderEliminar
  22. Anónimo 9 de Outubro de 2013 às 22:34

    "O autor do bloger e... têm opinado no sentido de diabolizar o(s) comentador(es) anónimos(s).

    Não é verdade. Basta ter em atenção o número de comentários anónimos que estão publicados no doLethes.

    Nunca poderei estar de acordo com o anonimato quando alguém pretende esconder-se atrás dele para fazer afirmações que não tem coragem de assumir publicamente.

    Remígio Costa.

    ResponderEliminar