segunda-feira, 3 de abril de 2017

DESCUBRA ONDE ESTÁ A "FONTE DO CRELO".

         

        Quem não conheceu a "Fonte do Crelo" ou não se informar do local onde se situam os vestígios da sua existência, só acidentalmente ficará a saber que ali está uma fonte alimentada por uma mina, a qual abastecia um pequeno tanque de chafurdo para animais e um lavadouro comum. Todo o espaço está coberto pela vegetação densa espontânea, e apenas muito de perto e com dificuldade se chega junto do que resta da antiga fonte que servia o povo do Lugar da Corredoura.

       A fonte há muito que não tem préstimo prático. Contudo, é património da freguesia com valor cultural e económico. Durante muitos anos a população do Lugar recorreu à água desta fonte para consumo familiar, dos animais domésticos e lavagem de roupa, além de que a água é um bem essencial perecível e fundamental para a vida humana no futuro que é imperioso preservar.

       A recuperação completa do local talvez não seja justificada porque a rede pública chega aos domicílios da zona, além de que a mudança de hábitos e a atual melhoria da condição de vida das pessoas dispensam a procura pública desta antiga maneira de utilização da água. Todavia, o estado em que o local se encontra não é compatível com a obrigação de cuidar dos pontos históricos e patrimoniais da freguesia, o que, no caso vertente, uma simples limpeza de vegetação bastaria e não comportaria gastos e ocupação de pessoal para além de algumas horas.

      A Corredoura merece. 



 
Fotos: doLethes
Remígio Costa
        

1 comentário:

  1. Enquanto não levaram o banco de pedra que estava na fonte havia interesse em cuidar desde patrimônio. Mas a junta da freguesia e que tem a culpa desde destruição

    ResponderEliminar