quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

ESTUDANTES DO PROGRAMA ERASMOS EM VISITA DE ESTUDO AO ECOMUSEU DE LANHESES.

                                         A chegada.

             Um grupo de cerca de sessenta estudantes, na maioria estrangeiros, a frequentar a Escola Superior Agrária de Ponte de Lima, do Instituto Politécnico de Viana do Castelo ao abrido do PROGRAMA ERASMOS, acompanhados dos respectivos professores deslocou-se,  hoje, 5 de Dezembro, em  visita de estudo ao ECOMUSEU desta  freguesia.

                       A recepção.


             A comitiva chegou a Lanheses cerca das 11 horas da manhã tendo atravessado o Rio Lima na Passagem no barco água-arriba, o "LANHEZES", vindos da freguesia de Geraz do Lima da margem esquerda,  tendo como timoneiro o seu construtor "CANINHAS", de seu nome Manuel João Castro. No cais de desembarque tinham à sua espera um grupo ad-hoc de cantadeiras formado por senhoras pertencentes ao grupo etário mais veterano desta localidade, o qual interpretou canções tradicionais da nossa freguesia. A seguir, já no Parque Verde, aos alunos e seus acompanhantes foi proporcionada uma  prova de mel com boroa de milho, para gáudio dos visitantes.




                     Cantadeiras e cantares de Lanheses.             

             Terminada a recepção no Parque Verde os estudantes subiram pelo Caminho de Santiago, ao Largo da Seara depois de terem ajudado na plantação de três macieiras agrais; aqui chegados, assistiram a uma demonstração prática da fabricação artesanal da telha lanhesence nos moldes em que era feita nas fábricas existentes há anos atrás.

             Cerca das 13 horas os visitantes concentraram-se no novo auditório, já dotado de cadeiras, da Junta de Freguesia, para uma sessão de boas-vindas, finda a qual todos se dirigiram de novo para o Parque Verde onde decorreu um pic-nique em alegre convívio.

             Uma estação de TV (sic) colheu imagens da recepção na margem do Rio Lima.

                              No novo forum da Junta de Freguesia.


             Por experiências anteriores  obtida em contactos desta natureza com alunos do PROGRAMA ERASMUS, que escolheram Portugal com país para o cumprirem, estou certo de que, quando regressarem aos seus países de origem jamais esquecerão esta experiência e acolhimento que tiveram na nossa freguesia.

            
                                Na Seara.

                               No Parque Verde.

                                No Largo Cap. Gaspar de Castro.
                                Na margem do Rio Lethes.

                                O fabrico da telha de Lanheses, pelo Zé Manel, na Seara.

                                Idem.

 Pelos caminhos de Santiago.

 A plantação das macieiras.

                   Broa de milho e mel.

 Vistas no Parque Verde.




Nota. Os dados essenciais e as fotos que constam deste post foram obtidos através de terceiros.

3 comentários:

  1. Muito bem. Temos freguesia...

    ResponderEliminar
  2. Aqui está a melhor promoção que uma freguesia pode ter! melhor não pode ser! a freguesia e a junta estão de parabéns! J. Manuel

    ResponderEliminar
  3. DA MINHA PARTE AGRADEÇO O CONVITE QUE ME FOI FEITO PELO PRESIDENTE DA JUNTA DE FREGUESIA (EZEQUIEL)PARA QUE FIZESSE A DEMONSTRAÇAO DE COMO SE FAZIA A TELHA DE BARRO,E POSSO DIZER QUE GOSTEI,E COMO TODOS OS DIAS ESTAMOS APRENDER ,FOI ASSIM QUE DEPOIS DE MUITOS ANOS FICASSE A SABER ,COMO REALMENTE SE FAZIA A TELHA DE BARRO EM LANHESES ,E COMO DIZ O DITADO`"NUNCA E TARDE PARA APRENDER"UM ABRAÇO JOSE M. SOUSA.

    ResponderEliminar