quarta-feira, 1 de agosto de 2012

PRIMEIRO DE AGOSTO, PRIMEIRO DE INVERNO.

               A chuvinha de Verão não incomoda todos...
           

             No dizer popular, quando, em pleno Verão como estamos neste momento, a chuva aparece, o "primeiro de Agosto é o primeiro dia do Inverno". Ainda estamos em pleno Estio, mas, o céu apareceu logo de manhã carregado de nuvens cinzentas e não tardou que uma chuvinha, leve como o algodão e macia como ele, quase tépida por efeito da temperatura ambiente que se mantém, principiasse a cair lembrando às pessoas, que, não faltará muito e temos ai o Natal. Passe o exagero, o facto é que, depois de uns curtos dias de calor na última quinzena do mês passado, entramos na época que devia ser da roupa colorida, e leve, e reduzidas q.b., das sandálias e das bermudas e das camisolas cavadas, dos finos e dos sumos, dos banhos de sol nas praias e passeios no Lima no água-arriba, da cavaqueira até às tantas nas esplanadas a bebericar por uma palhinha o fino ou a mini, mas somos forçados a ter que ir ao bengaleiro e abrir a umbela como fez o previdente e nosso conterrâneo Berto para evitar que a tal "molha tolos" com que hoje o dia nos brinda, nos caia pelas orelhas e, aos poucos, nos ensope até à medula.

                    Mas está ainda aí para vir muito Verão, espero eu, a não ser que, também ele, tenha sido capturado pelos troikos...

             

Sem comentários:

Enviar um comentário