terça-feira, 7 de agosto de 2012

EUROILUSÕES.

              Logo de manhã, na Papelaria Satélite, no Largo Capitão Gaspar de Castro, a Patrícia não tinha mãos a medir.

            Nem sei ao certo o número de algarismo que contém o valor do prémio do euromilhões que hoje à noite vai ser sorteado. Parece que o montante ronda os DUZENTOS (!!) milhões, um valor que foi acumulado ao longo de várias semanas sem que nenhum dos MUITOS MILHÕES DE APOSTADORES DE VÁRIOS PAÍSES DA EUROPA tivesse acertado em todos os números! Dá mesmo que pensar, num tempo em que a nanotecnologia científica chegou já à descoberta do bosão de Higgs, e a desconfiança em relação ao comportamento humano terá chegado ao limite da tolerância divina...

              Aparentemente indiferentes aos caprichos da fortuna, os apostadores crescem em cada semana à medida que o prémio aumenta, o que poderá querer dizer que, sendo o prémio em jogo a bagatela de uns QUINZE  milhões, quando não há jackpot, o risco do investimento já não compensa...

             Claro que eu não fujo à regra e faço o meu investimentozito do costume. Pouca coisa. É só para dar uma oportunidade à sorte, não vá ela, míope de nascença, não me encontrar entre a multidão dos biliões que, hoje, fizeram fila para registar a aposta.

             

            

Sem comentários:

Enviar um comentário