sábado, 19 de maio de 2012

PROSSEGUE EM PLENO A FESTA DE SANTO ANTÃO ABADE.

                  Vista nocturna da Capelinha de Santo Antão Abade (esta noite)
    
                Terminada a procissão de velas que hoje saiu pelas 21 horas da Igreja Paroquial até à capelinha do alto de Santo Antão, que devia ter ocorrido ontem como tradicionalmente ocorre na quinta-feira da Ascenção mas não se realizou por motivo do estado do tempo, principiou o arraial previsto para hoje com a entrada em acção dum conjunto musical. Ali ao lado, numa tasquinha improvisada, acorrem aos magotes os apreciadores do belo cabrito à Tia Nina, reforçando uma tradição antiga que tinha a casa da Maria da Clara como santuário único do pitéu confeccionado como só ela sabia.



              Não mantendo quaisquer resquícios do passado, já distante, quanto à sua primeira e principal originalidade na invocação dos poderes de intercepção de Santo Antão, São Sebastião e São Silvestre na protecção divina aos animais domésticos, que ali eram conduzidos para serem abençoados numa cerimónia ministrada após  um sermão apropriado a cargo de orador sacro, esta castiça e singela manifestação de fé nos oragos tradicionais continua a resistir graças à vontade e perseverança de um  punhado de jovens briosos que garantem a sua continuidade.

                    Entrada no recinto da festa pela Corredoura

              Amanhã, pelas 16 horas, irá decorrer a procissão que é necessariamente parte do programa e preceitos religiosos aplicáveis a esta festividade, saindo os andores da Igreja local até Santo Antão.

                        A escadaria que conduz à Capelinha, esta noite.

Sem comentários:

Enviar um comentário