domingo, 27 de maio de 2012

FINAL DA TAÇA DA AF VIANA DO CASTELO.

                 BARCA SÓ FOI AO FUNDO COM AS ÚLTIMAS TAÇAS DE ALVARINHO..

                                     A festa da Taça

Em Lanheses, Estádio 15 de Agosto:

                Ponte da Barca, 2 - DESPORTIVO DE MONÇÃO, 2 (após prolongamento)
                                              (2-4, na marcação de grandes penalidades)

                Decorreu esta tarde em Lanheses a final da Taça da AF Viana do Castelo, disputada entre o Ponte da Barca e o Desportivo de Monção.

                No final dos 90´ o resultado era um empate a uma bola, com o Ponte da Barca a abrir o marcador logo no primeiro minuto de jogo e os raianos a obterem o empate aos 77'.

                No prolongamento de 30´que se seguiu foi o Monção que se adiantou pela primeira vez  no marcador, com um golo obtido aos 14'; porém, a Barca, já a jogar apenas com 10 jogadores, chegou ainda em 2-2 eram decorridos 112´.

                             Desportivo de Monção

Jogaram de início: Tiago, Márcio, Catum, Filipe Vaz, Filipe Teixeira (77´Davide), Choca (Steven, oas 56') Paulo Almeida, Duque, João e Bina (expulso, por acumulação de amarelos, aos 47'). Treinador: Manolo. Suplentes: Mota, Miguel, Steven, Lois, Pedro, Fábio e Davide.


               Seguiu-se a marcação de grandes penalidades, com a Barca a falhar as duas primeiras e a converter quatro por ter falhado a segunda da sua série.

               Os monçanences acabaram por merecer o troféu no cômputo geral da partida, bastante bem jogada por ambas as formações nos 90' onde o equilíbrio foi a nota dominante, tendo ambas as equipas criado e desperdiçado excelentes oportunidades de obter golo, algumas bem flagrantes.

               Não terá sido uma arbitragem aceitável por parte do juiz de campo, embora aquilo que a mim me pareceu mal ajuizado tivesse sido em relação às duas equipas. A expulsão de um  jogador barquense por acumulação de cartões foi, vista de fora, absurda.
                             Ponte da Barca

Alinharam de início: Víctor, Lobo, Paulo Silva (70', Leandro), Ricardo, Helder Feijó, Peixoto, Davide Afonso, Amaral, Freitas (45' Davide), Arnaud e Tachide. Treinador: Zeca Tó. Suplentes. Cesteiro, Leandro, Davide Silva, Paulo Pereira, Davide e Campos.

Marcha do marcador: 0-1, aos 1' por Arnaud. 1-1, aos 77', por Steven; 2-1, aos 14´do prolongamento, ainda por Steven; aos 112', David, faz o 2-2.

               O troféu foi entregue pelo presidente da AFVCastelo, engº Sárrea, cabendo ao antigo árbitro Calheiros a entrega das medalhas a todos os intervenientes no espectáculo.

               Ambas as equipas tiveram nas bancadas claques de apoio e muitos adeptos, com relevância para os que vieram incentivar o campeão da Liga de Honra 2011/2012, o Ponte da Barca.

                                                                    Os árbitros
Luís Peixoto, árbitro. Auxiliares: João Dias e José Rio; 4º árbitro, Nelson Cunha.

                                               Claque do Monção


                                                     Bancada Central

                                           Claque do Ponte da Barca

                                                O último penalti do Monção.

Sem comentários:

Enviar um comentário