sábado, 26 de novembro de 2011

UMA IDEIA DE MORTE!

Construir o próprio caixão para poupar no enterro
    A urna/armário.

     

Esta vem dos Estados Unidos da América (USA), e, tendo tanto de original


    



   

   












 como de invulgar, bem pode dizer-se que é uma ideia de... morte!

       No estado de Minnesota está aberto um curso onde se aprende a construir uma urna que, depois de acabada, cada um poderá levar para casa para poder vir a ser utilizada no seu próprio funeral! Mas o sentido prático desta iniciativa (bem típica do povo americano) reside no aproveitamento que o seu proprietário dela pode extrair enquanto vivo estiver, porquanto, com mais umas alterações ao gosto pessoal ela poderá ser utilizada como um utilitário armário! E esta, hein? *

       Com um custo de apenas 700 dólares (+- 500 €) um "bacano" que, em consequência da crise galopante e irreversível que o país sofre vier a ficar numa situação de não ter "onde cair morto", já não correrá o risco de entrar na sua "última morada" embrulhado num saco de plástico reciclado, mas na confortável e linda "cama" que ele próprio construiu! 

            Com o rumo que as coisas hoje levam, pelo sim pelo não já comecei a tirar as medidas à salgadeira que deixei de utilizar desde que aqui em casa já não se cumpre a tradição da "matança do porco", não se vá dar o caso de, quando chegar a altura, a pensão da reforma já nem para as tábuas do caixão chegar.

       *Expressão celebrizada por Fernando Peça, que a usava sempre no fim das suas reportagens televisivas de fino humor e imenso chiste.

      
                                                   A oficina.

       

       

Sem comentários:

Enviar um comentário