domingo, 27 de novembro de 2011

O HOMEM É UM INTRUSO NO PLANETA TERRA.




          Ao terminar o visionamento deste vídeo a conclusão óbvia que dele podemos extrair é a de que o planeta TERRA não é o habitat natural do Homem, mas sim de todos os outros seres vivos que a habitam.

       O ser humano é um intruso na Natureza despojado de inteligência suficiente para saber, como sabem os animais ditos irracionais, ser parte dela e como mantê-la habitável em toda a sua dimensão terrestre, marítima e ambiental.


       Em Durban (África do Sul) quase todos os países do mundo vão debater durante dias, como já o tinham feito em Quioto (Japão) há anos atrás, não o fim da agressão ao meio ambiente, mas, estupidamente, lutar para que cada um tenha mais direito do que o outro para mais poluir e envenenar o maravilhoso "planeta azul".


       Não os preocupa o envenenamento do ar que respiramos, o sobreaquecimento global que derrete os gelos polares e provoca os medonhos tsunamis, a conspurcação poluente dos oceanos, a devastação das florestas que dão o oxigénio nem os sensibiliza o esgotamento dos bens perecíveis que se encontram à superfície ou no interior da Terra. 

       Que são tanto dos tempos presentes como pertencem ao devir.

       Ignoram os sinais de alerta vermelho que nos quatro quantos do planeta gritam tentando chamar à razão a mente alienada dos criminosos que permitem os atentados ambientais.


       Tudo em nome do "progresso", da tecnologia, do poderio militar, da economia especulativa, da liderança sem freio e bárbara de um Ser que pensa mas se desconhece a si próprio.


      

Sem comentários:

Enviar um comentário