quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

VI A AURORA DESNUDA E ADOREI.

    
                                      A AURORA DESNUDA
     

     Que beleza, que suave visão! Aconteceu esta manhã ao despertar do dia vendo a aurora subir e a estender-se por cima do monte, ténue e lânguida, na transparência do finíssimo véu que a envolvia. Foi demasiado curta a duração do momento com o surgimento do Sol brilhante que a precedia, e a aurora, efémera e volátil como uma visão, expandiu-se pelo firmamento e o dia nasceu.

     Feliz dia 16 de fevereiro. 

                            O NASCER DO SOL (07:57 - 2017.02)

Fotos: doLethes
Remígio Costa 

Sem comentários:

Enviar um comentário