sábado, 11 de fevereiro de 2017

A NEVE AQUI TÃO PERTO.

          

            A neve apareceu em força após a pausa da chuva cobrindo de branco algumas regiões do país onde normalmente acontece. Em Trás os Montes é vulgar nevar, os transmontanos aceitam a neve com a mesma normalidade com que suportam a chuva, tirando algumas vantagem dos efeitos colaterais que ela provoca na cura dos presuntos e na qualidade superior da carne do gado bovino e caprino, concedendo-lhes características de identidade única. No alargado perímetro da Serra da Estrela onde a abundância é fator atrativo de relevo para o turismo interno e externo, a neve é um bem estimável esperado anualmente como benesse imprescindível.

         Raramente acontece nevar no baixo vale do Lima e, quando sucede é muito reduzida a quantidade (guardo memória de apenas uma exceção e muitos anos). O mesmo não se passa a oriente no relevo montanhoso da serra Amarela, no concelho da Ponte da Barca,  onde frequentemente o manto branco aparece e se torna visível à distância.

         Como hoje, pois é possível constatar a alguns quilómetros ao longe, como é nítida a brancura da touca a cobrir em grande extensão o cimo da serra batida pelos raios solares.  



Fotos: doLethes
Remígio Costa 

Sem comentários:

Enviar um comentário