quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

DO MOLHE AO FORTE, NOVA PRAIA NORTE.

                                       Vista geral, ao norte

         Entre o molhe, a sul, e as ruínas do forte, a norte, uma nova Praia Norte (Viana do Castelo) está a nascer. Máquinas, guindaste, camiões, operários, montes de terra e escavações como se fossem trincheiras de campos de batalha, formam um cenário anárquico próprio das transformações urbanísticas profundas como a que está a decorrer a ocidente da cidade vianense. Já lá não moram os dois bares e o casarão transformado em restaurante, e começam a surgir as primeiras alterações definidas no projeto, como sejam o alargamento da zona do areal da praia e o ampliado passeio pedonal que a limita. Dentro de escassos meses, da paisagem anterior restarão as "pedras vermelhas" , os penedos escuros que caraterizavam a velha "praia dos pobres", das gaivotas atrevidas, e imutáveis e profundos, o mar e as ondas de espuma alva para lembrança futura de quem se acostumou a apreciá-la e a gozá-la num desenho menos polivalente e (pretensiosamente) cosmopolita. 


                                Zona de restaurantes, a sul




Fotos: doLethes
Remígio Costa 

Sem comentários:

Enviar um comentário