sábado, 31 de agosto de 2013

PIQUENICÃO, POIS ENTÃO!



Os objectivos da Festa do Milheiral não se esgotam na diversão, nos eventos culturais, na animação musical, no concurso de espantalhos, na recuperação dos costumes e das tradições da lavoura, no lançamento à água da piroga monóxila construída pelo Mestre Caninhas, nas concertinas, nas danças e nos cantares. O que verdadeiramente se pretende é proporcionar às pessoas uma oportunidade de convívio, um encontro com o outro, uma reafirmação de amizade e consolidação das relações entre as pessoas.

O PIQUENICÃO é o melhor pretexto para a consecução dos objectivos primordiais da Festa do Milheiral. À volta de uma toalha de linho estendida à sombra de uma árvore as famílias juntam-se para degustarem os farnéis preparados na véspera, onde não faltam os tradicionais produtos caseiros não obstante estes serem cada vez mais raros por força da diminuição da produção própria daqueles bens.

À semelhança do que vem a ser feito em eventos desta natureza, ocorrerá no Parque uma feirinha onde serão expostos para venda géneros alimentícios provenientes dos lavradores locais, de quase tudo que pode ser cultivado ou criado por particulares, com predominância para os produtos hortículas, de fumeiro, vinho verde, fruta, azeite, mel e compotas variadas, tudo a preços extremamente convidativos. TODA A RECEITA QUE VIER A SER APURADA REVERTERÁ PARA A OBRA DO CENTRO SOCIAL RIBA LIMA, em fase de acabamento na freguesia.





Sem comentários:

Enviar um comentário