terça-feira, 1 de novembro de 2016

DIA DE TODOS OS SANTOS.

     


      Segundo ditame da Igreja católica romana celebra-se hoje o Dia De Todos Os Santos. Nesta data, os parentes próximos e, menos frequentemente, amigos daqueles que partiram para a Eternidade vão ao cemitério onde jazem os restos mortais para lhes renovarem as preces do momento da partida e evocarem lembranças de uma vida mais ou menos prolongada passada em comum. Alguns vindos propositadamente de longes terras, cumprindo o ritual de anos num preito de saudade e gratidão por aqueles que amaram e estimaram. 

      Neste dia as campas e os mausoléus maioritariamente perpétuos de construção moderna em mármore, estão cobertos de coroas de flores em arranjos artisticamente elaborados, velas acesas em castiçais, em lampadários de bronze ou latão e lavados das poeiras e outros detritos que deterioraram a imagem da sepultura (e, já agora, daqueles a cuja família pertenceram). Há as que estão cuidadas semanalmente e junto delas se encontram pessoas em recolhido silêncio e, outras (em muito menor número) onde não há já vestígio de mãos humanas e têm apagadas as inscrições das lápides à cabeceira "Aqui Jaz, A... S.nt.s Sauda... e filhos", melancolicamente desertas.


     As (oportunas) obras no cemitério desta freguesia terminaram na semana passada. A "última morada" dos Lanhesenses apresenta aspeto cuidado, diria airoso se o local fosse adequado, com cimentados passeios regularizados em toda a antiga área das campas e com melhoria de saneamento das águas pluviais que formavam lagos em tempo de chuva junto delas. Foi eliminado o degrau do portão de entrada e a ratoeira dos tropeções de quem ali entrava integrado no compacto séquito de um funeral. Ficou "decente" no aspeto geral a "mansão dos mortos" de Lanheses. 

     Esta tarde pelas 15:00 horas, decorrerá a visita ao cemitério com a presença do pároco residente da paróquia de Santa Eulália de Lanheses e de Meixedo, padre Daniel da Silva Rodrigues, no cumprimento das cerimónias externas do DIA DE TODOS OS SANTOS". O cemitério vai estar ainda mais preenchido na comunhão das almas dos crentes. 







Fotos: doLethes
Remígio Costa

Sem comentários:

Enviar um comentário