sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

o tempo amainou.



                                         rio lima, 15 de Janeiro de 2016


O tempo amainou
sossegaram as águas
o ocidente pintou
de cores minhas mágoas.
No estertor do dia
surgem as estrelas
e a noite fria
adormece com elas.
Pelo vale extenso
uma ave voa
como pensamento
libertado à toa.
No silêncio dos bosques
ninh'alma apazigua
das horas agrestes
que também são tuas. 
Guardá-las para sempre
não é meu desejo;
quero ver-te contente,
merecer teu beijo. 

R.C.
Foto: doLethes




















                    


Sem comentários:

Enviar um comentário