sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

PRESÉPIO AO VIVO LEVOU A PRISCOS A OBRA SOCIAL RIBA LIMA.

  
                        
                            PRISCOS, A ALDEIA DE GALILEIA
 
          A Obra Paroquial e Social Riba Lima, em Lanheses, Viana do Castelo, levou esta manhã de sexta feira dia 23 de dezembro, em visita ao "Presépio ao vivo" da pequena aldeia de Priscos, do concelho de Braga, um grupo numeroso dos seus utentes com mobilidade e saúde bastantes, proporcionando-lhes conhecer o que já é avaliado como o maior presépio da Europa de figuras vivas, cujos noventa quadros que o compõem são configurados por seiscentas personagens reais distribuídos pelo alargada área do recinto em função das diferentes atividades e cenários que constituem o protótipo da aldeia. 
         Sua Santidade o Papa Francisco I concedeu-lhe benção especial de reconhecimento pelo trabalho desenvolvido e relevância que tem merecido conquistar no país e na Europa.

     
         A ideia feliz e original que está subjacente à iniciativa pretende reproduzir com o máximo de rigor histórico o acontecimento bíblico do nascimento de Jesus enquadrado no cenário paisagístico da região onde ocorreu e fiel quanto possível à realidade da vida sócio-administrativa da era do domínio romano.


       A entrada de visitantes é iniciada a céu aberto em ambiente rural através da porta de uma elevada construção em madeira simbolizando a Arca de Noé sendo a seguir confrontados com um esquadrão de soldados romanos cavalgando as suas montadas em exercícios sincronizados obedecendo à voz do comandante; no percurso veem-se à esquerda e à direita tendas rústicas e fogueiras acesas típicas de acampamentos militares, peles penduradas a secarem, cercas com animais de várias espécies e figurantes vestidos com roupas escuras e pobres. Em plano mais elevado com acesso em escadas de madeira estão as primeiras casas de aldeia judaica, de construção recente mas de traço simples ao uso da Palestina, como todas as demais que se seguem. À entrada a sinagoga e, em quase todas elas há pessoas vestidas a rigor ocupadas na execução das tarefas comuns à época ou velando locais com símbolos da religião judaica. Dão informações e explicações quando solicitadas, amáveis e instruídos. Por um passadiço desce-se, depois, para o recinto maior onde se centra a parte cívica da aldeia com o Senado, as lojas dos ofícios, do abastecimento alimentar, as catacumbas escuras e sinuosas e (finalmente!) a gruta onde há de nascer o Menino Deus, amanhã, 24 de dezembro. Por agora, ante a manjedoura desocupada, Nossa Senhora grávida, o esposo José ao lado expectante , a vaquinha e o burrinho bem nutridos pacientes e pacíficos a aguardarem a vez de saudar o Menino e partilhar o calor.

   Espantoso é serem todos os atores voluntários a assegurar durante muitas horas e dias (há 12 anos que tem o presépio!) a vida desta bem organizada manifestação cultural e lúdica, numa pequena aldeia afastada da grande cidade que é Braga. São prestáveis e colaboram com gosto reclusos do estabelecimento prisional da sede do distrito e tudo é coordenado pelo atual abade de Priscos, padre João Torres.



     Por coincidência feliz a RTP1 realizava neste dia o programa matinal "A Praça" no centro da aldeia do presépio ao vivo, proporcionando aos visitantes da Obra Social um espetáculo imprevisto mas muito bem recebido por toda a comitiva. Logo à entrada foi o animador Helder Reis a interpelar uma utente da Obra e, depois, foram o excelente entreteiner Jorge Gabriel e a beleza e extrema simpatia de Sónia Araújo que atraíram a atenção da comitiva da Obra Riba Lima. Também Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, com raízes familiares em Lanheses e Arcos, (conterrâneo do pároco da freguesia de Lanheses e de Meixedo, Daniel Rodrigues) não passou despercebido aos utentes no final da entrevista que deu em "A Praça".

 Na visita estiveram envolvidos o presidente da Obra Social padre Daniel da Silva Rodrigues, o Coordenador Social Vasco Araújo (que conduziu a viatura de apoio com os utentes que necessitam de cuidados especiais na locomoção), a assistente Catarina Vale e várias colaboradoras permanentes da Obra e, membros da comunidade da área da Obra e freguesias vizinhas em autocarro cedido pela Câmara Municipal.

A viagem decorreu com a maior normalidade e todos regressaram felizes e agradados por terem participado.

Segui-se no refeitório da Obra Social e Paroquial Riba Lima o almoço de Natal para os utentes e agentes da Instituição.

Fotos: doLethes
Remígio Costa.  





















































































































































                                          f   i    m

Sem comentários:

Enviar um comentário