sábado, 31 de dezembro de 2016

OLHAR SOBRE LANHESES DO ALTO DA TORRE.

                                   Vista para poente.

          Subi os sessenta degraus de escada em caracol da torre da Igreja da freguesia de Lanheses (Viana do Castelo), passei pelo mecanismo enferrujado do velho e inativo relógio de corda movimentado pelo sobe e desce de dois rolos cilíndricos de granito em suspensão e, pelas quatro aberturas do patamar onde estão três sinos ativos, estendo o olhar sobre Lanheses a nascente, ao sul, a poente e ao norte num ângulo de 360º graus.  O vale do Lima, ao fundo, Vila Mou e a serra de Nogueira, o maciço cinzento da Serra d'Arga, São Pedro de Arcos e Fontão,e mais acima, antevê-se Santo Ovídio e imagina-se Ponte de Lima. Casas brancas e telhados alaranjados, batidos pela luz do sol radiante e emergirem entre uma fina neblina levemente transparente.

   No centro da circunferência natural, vive Lanheses.

   Assim, 


                          Da Obra Social ao Centro e ao fundo o vale do Lima.

                                      Idem, ângulo mais próximo.

                                    Lugar do Outeiro, a sul.

                                                Idem.

                                Fontão (Ponte de Lima) ao fundo.

                            Serra d'Arga e lugar da Corredoura, ao fundo.


                              Zona da ampliação do cemitério, em curso.

                            Lugar de Casal Maior e Corredoura, ao fundo.


                            Igreja, Casal Maior e Feira.

                                     Zona do estádio do UD Lanheses


                  Agrupamento Escolar de Arga e Lima. Ao fundo: Devesa e Barreiro



                                       Vale do Lima a jusante de Lanheses

                                  Estádio do UD Lanheses


                                        Lugar do Outeiro, mais perto.

          Capela do Senhor do Cruzeiro e das Necessidades.








 BOM ANO DE 2017, PARA TODOS OS LANHESENSES PRESENTES E AUSENTES. ABRAÇO FRATERENAL AOS AMIGOS DO doLETHES.


  Fotos: doLethes
Remígio Costa
    

Sem comentários:

Enviar um comentário