segunda-feira, 7 de abril de 2014

PRIMEIROS AUTARCAS ELEITOS EM LIBERDADE (1976)

"PRIMEIROS AUTARCAS VIANENSES
EM CONVÍVIO NO ‘ 25 DE ABRIL ‘

No dia 25 de Abril , os primeiros autarcas eleitos em 1976 para a Assembleia Municipal, Câmara Municipal e presidentes e vogais das Juntas de Freguesia do concelho de Viana do Castelo, vão reunir-se num almoço de confraternização no Restaurante Náutico (Limia Parque).

A comissão organizadora é constituída por elementos de então de todos os partidos e o convite estende-se a todos, bem como às suas esposas ou maridos.

Trata-se dum almoço de confraternização, sem a presença de políticos ou autarcas da atualidade .

A todos será entregue um diploma assinalando a sua presença .


O preço é de 15€ por pessoa .

As reservas poderão ser feitas será  através dos números  258801230 ou 966369911.
............................................... 


...........“ Os tempos eram outros, de uma enorme militância em torno de Ideais que cada um defendia com enorme convicção, não havia senhas de presença nem mesmo para os presidentes de Juntas que tinham de se deslocar desde as suas freguesias quando os meios de transportes e a rede viária em nada se assemelham aos dos dias de hoje, e muito menos recebiam ordenados, mas nada disso os demovia a fazerem parte da História. Havia um alto sentido de Servir, de Missão ou, como hoje se diz, de Cidadania “, fazem questão de lembrar os promotores deste “ reencontro de memórias “. E acrescentam com um visível brilho nos olhos, num misto de saudade e sorriso: “ As primeiras sessões decorreram nos antigos Paços do Concelho, na Praça da República, e posteriormente no auditório da Associação Nuno Álvares Pereira. O ambiente já era agitado em termos políticos pelo fervor com que todas as bancadas partidárias defendiam e esgrimiam as suas análises, tudo isto perante um público acalorado e que algumas vezes contestava e manifestava de forma ruidosa e exasperada as intervenções dos deputados municipais, o que criava enormes dificuldades para a Mesa pôr ordem na sala. Quando se previam que as sessões aquecessem mais um pouco pelos temas a debater, notava-se nas proximidades um reforço policial em carrinhas estrategicamente estacionadas mas que, felizmente, nunca foi obrigado a intervir “.
 
ELEITOS EM 1976
Presidentes de Junta:
Simão Daniel Moreira Alves (32 anos), gerente comercial, Afife ; Cesário Coutinho da Silva (35 anos), empresário agrícola, Alvarães; Isidoro Veiga Afonso ( 48 ), industrial de madeira, Amonde; Mário Cardoso da Costa (59), funcionário público, Anha; António de Araújo Oliveira (46), industrial, falecido, Areosa; António Ribeiro de Oliveira Amaral (49), comerciante, Barroselas; Abílio de Carvalho (54), funcionário da J.A.E., Cardielos; Maciel do Rego Afonso Branco (46), comerciante, falecido, Carreço; Agostinho da Costa e Sá (42), carpinteiro, Carvoeiro; António Fernandes Martins (54), reformado da G.N.R., falecido, Castelo de Neiva; Francisco de Araújo Ferreira (40), professor, falecido, Darque; Manuel Pereira Rodrigues Pinto (35), operário fabril, Deão; Manuel António Meira Arriscado do Lago Magalhães (51), proprietário, falecido, Deocriste; João Pereira Laranjeira (44), industrial, Freixieiro de Soutelo; José Fernandes Lima (53), pedreiro, Santa Leocádia de Geraz do Lima; Fausto da Rocha Proença (59), funcionário da D.G.P., Santa Maria de Geraz do Lima; José Justino Franco Arieiro (32), secretário de Finanças, Lanheses; José Vaz Coutinho (51), proprietário, falecido, Mazarefes; Nicolau da Conceição Veríssimo (32), bancário, Meadela; Manuel Joaquim Martins da Rocha (48), industrial, Meixedo; Manuel Silvestre Borlido Esteves Rocha (39), industrial, Montaria; Luís Lourenço Vieira Júnior (52), agricultor, Moreira de Geraz do Lima; António Martins de Sá (42), empregado fabril, Mujães; Manuel da Costa Peixoto (39), industrial, S. Romão de Neiva; José Domingos Martins Gandra (40), adjunto do chefe de Divisão Regional da Direcção de Serviços de Emprego, Nogueira; José Carlos Ribeiro de Morais (34), industrial, falecido, Outeiro; Valdemar Coelho Rodrigues Carvalhido (40), fiscal de obras públicas, Perre; António Augusto Rodrigues Salgueiro (68), proprietário, falecido, Portela Suzã; Luís Gonzaga Parente Ribeiro Moreira (40), técnico verificador de contribuições e impostos, Santa Marta de Portuzelo; António Pereira (58), comerciante, Serreleis; José Alves de Oliveira (62), agricultor, falecido, Subportela; José Pinto Vieira (32), empreiteiro, S. Salvador da Torre; Daniel Caeiro Pereira (54), técnico de desenho, falecido, Monserrate; Elder Alexandre de Carvalho (39), desenhador, Santa Maria Maior; José Gonçalves do Rego (33), fiscal da Direcção Geral dos Serviços de Urbanização, Vila Franca; Manuel Fagundes de Alpuim (52), motorista, falecido,  Vila Fria; António Martins de Sousa e Silva (58), agricultor, falecido, Vila Mou; Armando da Rocha Moreira (35), comerciante, Vila de Punhe; José Manuel de Oliveira (51), agricultor, falecido, Vilar de Murteda.



                    A primeira reunião realizou-se nos antigos Paços de Concelho, da Praça de República (1976)

Câmara Municipal:
Presidente: António Alves da Cunha (independente pelo PPD), industrial, falecido, Viana do Castelo; Vereador substituto do Presidente: Nuno Álvaro Moreira Fernandes (PPD), industrial de hotelaria, falecido, Caminha; Vereadores: Manuel Lucínio Pires de Araújo (PPD), técnico de contas, Meixedo; António Dionísio Marques (CDS), advogado, Caminha; Dionísio Casimiro Martins Barbosa Ferreira (PS), engenheiro, Santa Maria Maior; Silvério Abranches do Canto Moniz (PS), engenheiro, Santa Maria Maior que foi substituído em 1978 por António Maciel Pires (PS), economista, Monserrate; Artur Luís de Vinha Novais (FEPU/APU), funcionário público, Monserrate."

Sem comentários:

Enviar um comentário