segunda-feira, 21 de abril de 2014

PRIMEIRAS DE LANHESES COM AS DA MEADELA PARA MOSTRAR A PÁSCOA.

             O Compasso, em Lanheses: padre Daniel Rodrigues e o mordomo, João Quintas, o rapaz da campainha e asa duas jovens encarregadas da recolha dos sobrescritos e dádivas avulsas.


               São as primeiras fotos que mostram a Páscoa deste ano em Lanheses, obtidas na visita do Compasso à casa da Daniela e do Raul, membros da mesma família de que faço parte, colhidas há pouco. Entretanto, tinha passado na Meadela, em Viana do Castelo, para estar junto de um dos braços da árvore que cresceu do tronco que é o meu próprio agregado familiar e dos dois rebentos que dele brotaram e, com eles e os meus compadres viver mais uma Páscoa em comum.


                                                   O COMPASSO


               Hoje, a visita pascal decorre na "parte baixa" da nossa freguesia, tendo iniciado o percurso com algum atraso ao que era a hora habitual de outros anos, por força da realização do funeral da nossa conterrânea Olívia Castro. A alteração da hora permitiu, contudo, que tivesse chegado da Meadela muito a tempo chegando antes do Compasso. 


                              Benção de um novo oratório.

            
               O dia apresenta-se menos soalheiro do que ontem e a perspectiva de chuva não é apenas ameaça porque caíram já alguns pingos ligeiros, que podem intensificar-se lá para o fim da tarde quando a comitiva do Compasso chegar à minha morada se as nuvens que agora pairam sobre as nossas cabeças se fenderem e se despenhe sobre o lugar da Agra. Vou esperar, para ver.

             Então, em Lanheses, é assim:

 A linda e valiosa Cruz de Lanheses, exibida apenas em actos religiosos relevantes como é a Páscoa, dada a beijar, aqui, pelo dono da casa aos visitantes.


                              Mário V. gosta de receber bem. Aqui, faz de dono da casa.

                                SIRVAM-SE. Façam de conta que estão em vossa casa.

                                  Vales e um Brito, indecisos alguns...

                                 Mixa, o "craque", entre mãe e pai. Também do clã.

                                                 Um nicho lindamente sóbrio.

                                     O conjunto dos barulhentos. É só vermelho...


 NA MEADELA, FOI ASSIM:





                                      



              

Sem comentários:

Enviar um comentário