quarta-feira, 16 de abril de 2014

DANÇAR, É O MEHOR REMÉDIO PARA OS MALES DOS IDOSOS.

     
     


Está a decorrer esta tarde no pavilhão gimnodesportivo da Casa do Povo de Lanheses, mais um baile cuja maioria dos participantes é essencialmente constituída por pessoas idosas, os quais integram actividades patrocinadas pela Câmara Municipal de Viana do Castelo, no âmbito do Plano de acompanhamento à pessoa idosa em acções de entretenimento e lazer.

    O evento congrega os grupos constituídos em várias freguesias do concelho de Viana do Castelo e instituições de apoio social, juntando cerca de três centenas de idosos e acompanhantes, cabendo à Junta de Freguesia de Lanheses, que se fez representar no evento por todos os elementos do seu executivo e funcionárias, a responsabilidade da organização e do apoio logístico.



  No amplo espaço do recinto, são muitos os pares que seguem a dançar a música das anos sessenta, ao mesmo tempo que recordam as letras das canções que fizeram furor naquela época na voz de um cantor popular, enquanto outros de mobilidade condicionada ou menos jovens em anos seguem com interesse o rodopio dos dançantes fazendo ala no perímetro do rinque, quem sabe, eles também, saudosos de um tempo que passou.

  Nas fotografias colhidas focam-se, a esmo e quase de modo improvisado,
os mais afoitos e desinibidos, mas, sem dúvida, os menos condicionados pelas imposições da idade.































































                                                   BAILE DOS IDOSOS

                                          FUI AO BAILE, DESCUIDADO,
                                          DANÇAR NUMA PERNA SÓ;
´                                         ESCORREGUEI NO SOBRADO
                                          CAÍ EM CIMA...D'AVÓ. 

                                          E FOI TAL O MEU AZAR
                                          QUE ATÉ CAUSAVA DÓ
                                          POR SEM UM DENTE FICAR
                                          E TER NO NARIZ UM... CHINÓ!

Texto e fotos doLethes


                                         
                                         
                                           

                                         

1 comentário: