quarta-feira, 11 de abril de 2012

ALEGRIA E BRILHO NA FESTA PASCAL DE 2012, EM LANHESES

                 
                 Sob a luz de um sol radioso e temperatura de verdadeira Primavera decorreu nos dias 8 e 9 a VISITA PASCAL nesta freguesia com um brilho e alegria extraordinários, como foi possível constatar em cada um dos lares visitados pelo Compasso, que foram muitos, e nos lugares onde, tradicionalmente, mais pessoas se juntam para acompanharem de perto o percurso da Cruz.

               Seguindo o trajecto dos demais anos a comitiva foi recebida na casa de José Pensais e Natália Costa cerca das 8H30 da manhã de domingo, seguindo pela Rua da Estrada Central em direcção à parte poente da freguesia, passando à Granja, Devesa, Peitilha, Seixô para, descendo por Salvaterra, concluir na casa da família Paredinha o período da manhã. À tarde, a visita prosseguiu a partir do Barreiro na casa de Francisco Agra, depois, seguiram-se a Taboneira, Rocha, Bajouca, Bacelo, chegando ao Monte (a casa mais a norte da freguesia) e, seguidamente, desceu até ao limite de Lanheses perto da ponte do Trogal, regressando pelas Roupeiras, Santo Antão e Corredoura para recolher à Igreja pelas 21H30, acompanhada, desde a última casa visitada, por um grupo numeroso entoando cânticos alusivos à Festa Pascal.

               O segundo dia foi dedicado à parte sul da paróquia e a visita principiou à mesma hora do dia anterior com as visitas às casas do Lugar da Igreja onde se situa a residência paroquial e, depois de um breve desvio à Feira, partiu para a Granja, de novo a Devesa, depois o Sobral, passou pela Forcada, entrou em Lamas, para concluir no Paço da Casa d'Almada pelas 13,30h, o penúltimo período da totalidade da visita. A última parte iniciou-se a partir do Outeiro na casa de Carolina Queirós e, concluída esta etapa, desceu até à estrada nacional Ponte de Lima-Viana para entrar nas casas do Romão, a que se seguiram as da Seara, para logo chegar à Agra, passar à Feira e entrar na Casa do Povo, onde, no impedimento do presidente, foi o Compasso recebido por Manuel Loureiro, que deixou recentemente o cargo, e que, num breve improviso, saudou a comitiva pascal e manifestou a sua satisfação por receber na Instituição que representava, a última visita da Cruz nesta Páscoa de 2012. A seguir, formou-se espontaneamente um numeroso grupo de paroquianos que acompanhou a comitiva até à Igreja Paroquial, onde decorreu o Clamor final, com a benção própria do Dia de Páscoa.

               O compasso era constituído pelo pároco residente da freguesia Daniel da Silva Rodrigues, pelo Mordomo da Cruz de 2012, Remígio Costa, e pelos acompanhantes, Rui Costa, Arnaud Vale, Diogo, Elvira Soares (Bia), Sara Costa, Margarida, estas vestindo os trajes regionais próprios da região minhota,  e, no apoio logístico de transporte, Bruno Vale (domingo) e Fredi Vale (segunda-feira).

               Em todo o trajecto percorrido actuou uma pequena charanga composta de bombo, caixa, acordeão e gaita de foles anunciando a passagem da cruz e executando temas populares de folclore.












 (Nota do autor. Impossibilitado de obter eu próprio as fotografias do acto pascal, por razões óbvias, agradeço àqueles que as fizeram e queiram cedê-las para aqui as publicar o favor de as enviarem para o meu endereço electrónico).


              

4 comentários:

  1. Já é o segundo ano consecutivo que me enquadro no grupo da visita pascal! Para mim a Páscoa é a maior festa do cristão e realmente verificava-se no rosto de todos os lanhesenses e visitantes, que nestes dias são em grande número na nossa freguesia.
    Quer no ano de 2011 e neste ano de 2012 senti que os idosos de Lanheses manifestavam grande satisfação ao verem entrar nas suas casas o compasso pascal, pois para eles é uma tradição que não queriam que acabasse no futuro!
    Bem hajam a todos que coloboram para estas festividades, pois eu espero sinceramente que a Páscoa nunca acabe e que as próximas gerações a adorem tanto como eu!!!
    Obrigada aos mordomos de 2011 e 2012 que me convidaram para incorporar o compasso pascal. Eu adorei imenso e apesar de muito caminhar senti-me sempre leve e bem disposta !!
    Elvira Soares

    ResponderEliminar
  2. sr remigio pode e deve estar satisfeito como decorerao as festas da pascoa muito bem e com um tempo maravilhoso atè nisso estve bem um abraço david pereira atè breve hihihi

    ResponderEliminar
  3. david:

    Linda festa, de facto.

    Tudo de bom, para ti e para a família.

    Regressa bem.

    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. hoje jà foi dia de trabalho e de que maneira comtinue sempre a por coisas
      boas de lanhezes

      Eliminar