segunda-feira, 23 de abril de 2018

AGORA, O PERIGO FICOU À VISTA

        


     Foi precavido a tempo o perigo da queda de uma árvore na placa do chafariz do Largo Capitão Gaspar de Castro, cortando rente ao solo o tronco de uma árvore onde se  tinha formado um "túnel" na quase totalidade do seu diâmetro. 

     Muito bem. 

     Constata-se, porém, que o serviço não foi devidamente concluído, porque apenas o perigo mudou de rosto, isto é, do tronco acima do solo que  escondia o buraco da deterioração da árvore e a poderia derrubar uma ventania mais agressiva, está agora à vista na cepa das raízes que a sustinha. E tem bastante profundidade.

     É óbvio que a situação não terá escapado a quem executou o trabalho, que deverá ser acautelada a breve prazo; certo, é que não houve o cuidado de tapar ou pelo menos sinalizar com a fita apropriada a "boca" aberta até à goela que lá ficou, para alertar quem pretender aceder ao bebedouro metálico próximo, porque em vez de matar a sede pode deixar um pé, pelo menos, na argola...




Foto: doLethes
Remígio Costa 
 

Sem comentários:

Enviar um comentário