segunda-feira, 3 de outubro de 2016

OBRA SOCIAL RIBA LIMA (LANHESES) CELEBRA "DIA DO IDOSO" PELA PRIMEIRA VEZ.

     


      Tendo iniciado atividade no final do ano passado, a Obra Social Riba Lima localizada em Lanheses (Viana do Castelo) não foi ainda oficialmente inaugurada. Todavia, todas as suas valências têm vindo a ser gradativamente ativadas estando já em pleno funcionamento o centro de dia,  o apoio domiciliário e o acolhimento permanente de utentes idosos, bem como o jardim de infância. Exteriormente, estão também concluídos o alargamento da área envolvente, os acessos correspondentes e os locais para aparcamento de viaturas.

       Pela primeira vez a Obra Social abriu as suas instalações à comunidade, ainda que, por exigências de gestão de espaço tivesse sido dada nesta circunstância prioridade de admissão a parentes próximos dos utentes residentes, aos funcionários permanentes dos serviços e seus familiares, bem como a convidados colaboradores ou agentes da área da segurança social. O público franqueamento ao interior do belo e grandioso edifício do centro social de Lanheses e União de freguesias de Vila Mou e Torre, tinha subjacente a participação num evento até agora inédito na comunidade local, que visa celebrar a pessoa idosa, designado como "Dia do Idoso" e tem como data nacional o dia 1 de Outubro, o qual é coincidente com o celebração universal do "Dia Internacional da Música".

     Na foto, o Coordenador da Gestão da Coordenação Social do Centro, Vasco Araújo, ladeado à sua direita por Catarina Vale e à esquerda por Sónia, técnicas sociais e suas assistentes, na saudação inicial aos visitantes.  
     

          Na tarde do último sábado, primeiro dia de Outubro, dr. Vasco Araújo, psicólogo de formação académica, recentemente contratado pela administração, vindo da área empresarial privada, para coordenar a gestão da área de Coordenação Social da Instituição, no impedimento, por estar em gozo de férias, do atual diretor Miguel Ângelo Rios, promoveu, no refeitório uma sessão de confraternização e divertimento com a empenhada participação de toda a população ativa do Centro, visando proporcionar aos utentes internados momentos de alegre animação e íntimo convívio. Assessorado pelas colaboradoras permanentes mais próximas, as técnicas sociais Catarina Vale e Sónia, Vasco Araújo, a abrir a sessão,  fez um agradecimento pela adesão dos presentes à iniciativa, a qual principiou desde logo com a intervenção de alguns dos utentes lendo ou declamando poesias da sua autoria, incluida de uma execução muito bem ensaiada de composição musical popular tocada em realejo (gaita de beiços) por um dos utentes menos jovens dos interventores, Manuel Alves ou Manuel Carriço, pessoa bem conhecida e considerada na freguesia. Seguiram-se as participações de um dueto da escola de música amadeus em violino e violoncelo, de uma composição reduzida por força da limitação do espaço do Rancho Folclórico da Casa do Povo local, a executar várias danças do seu reportório, fechando o momento artístico com a (comovente)  interpretação em coro do "Hino dos Idosos" pelos internos residentes a que aderiu a maioria dos presentes.

        Preparando o lanche servido a todos os que participaram no "Dia do Idoso"
    

      Com a parte lúdica concluída seguiu-se um lanche muito bem composto de acepipes tradicionais preparados na cozinha da Obra e, ofertados outros, abundando bolos caseiros deliciosos, frutas, e acepipes várias e nem faltou um bem nutrido e curtido presunto, oferta de uma residente em Afife com ligação matrimonial a um lanhesense, constituindo o momento oportunidade rara para estimular a empatia entre internados e convidados e um melhor conhecimento da qualidade do serviço social prestado na novel Instituição. 

      Cerca das 18.00 horas e cumprindo o compromisso antes assumido perante o Coordenador da gestão da coordenação social,  Vasco Araújo, esteve no Centro Social  o Senhor Bispo da Diocese, D. Anacleto Oliveira, retido para além do que estava previsto num evento que decorreu no Jardim Público de Viana do Castelo dedicado às pessoas idosas do distrito. Depois de ter celebrado na Igreja paroquial a Eucaristia da véspera do domingo, o prelado máximo da Diocese vianense visitou as instalações e jantou frugalmente na Obra Social Riba Lima, antes de regressar à sede do concelho.

       No registo fotográfico a seguir inserido estão os momentos mais significativos de uma muito louvável iniciativa, pelo subjeto que contém a sua realização em dar a conhecer e motivar o relacionamento das comunidades envolvidas nesta Obra de grande alcance social. 

      O edífício da Obra Social Riba Lima, de linhas simples e elegantes.

                                  NO ESPAÇO RESERVADO AO REFEITÓRIO



                   Manuel Alves (Manuel Carriço), ancião lanhesense a caminho de um centena de anos de idade, acompanhado por um das suas filhas. O tio Manuel (casado com uma tia da minha mulher) enviuvou recentemente e é invisual há alguns anos. Todavia, mantém uma frescura física e mental invejável para a idade que tem.




Filipe Vieira, lendo o poema de Saramago "Passado, Presente e futuro"

Maria dos Anjos, interpretando "Envelhecer",m de Saúl Dias.


                             Manuel Alves, nas fotografias a seguir, executando (com enorme sucesso) no realejo, uma modinha popular.






Madalena Barros, em "Alma Serena" de Fernanda de Castro.

                       Rancho Folclórico da Casa do Povo de Lsnheses, a seguir.









                         O tio Manel, agora a dançar. Espetácular! 94? Não, 49!!!






Ana Beatriz, violoncelo e Alberto Pereira, violino, da escola de música amadeus.



                          Uma das (maiores) surpresas do evento: Teresa Pereira, declamadora (de memória!) e animadora da festa. Impagável! Poema, extenso, decorado e dito sem enganos): "Maria José dos Santos"


Brígída Palma Nunes, autora e declamadora de (muito) mérito. "A Velhice não existe". Pois não. Ela é o maior exemplo.



              Componentes do grupo musical do Rancho Folclórico da Casa do Povo



                       Alguns colaboradores da Obra Social Riba Lima


A Teresa deu show


                                             Incansável, o Manel com a filha




                                                     O CONVÍVIO













                                           f     i     m 


 Fotos: doLethes
Remígio Costa

5 comentários:

  1. Como lanhesense, estou profundamente orgulhoso com esta iniciativa.
    Parabéns a todos!

    ResponderEliminar
  2. Grande reportagem a ilustrar a fabulosa festa que a instituição com muito mérito organizou . A todos os responsáveis parabéns e um bem hajam

    ResponderEliminar
  3. Que festa bonita. Os rostos felizes e orgulhosos dizem tudo.
    Muitos parabéns.

    ResponderEliminar
  4. tudo muinto bonito. e então o rosto do nosso sr. dr diretor que você muinto elogiava. falta a foto. ou a informação.não o vi no convivio.

    ResponderEliminar
  5. Anónimo de 08 de Outubro:

    Além de anónimo, o comentário que enviou é adónio (porque aponta dedo e esconde a mão). Explique-se e assine, pf.

    Remígio Costa

    ResponderEliminar