domingo, 23 de outubro de 2016

O FUTEBOL DA NOSSA TERRA .

AF Viana do Castelo
Campeonato distrital da 1ª divisão
 - 7ª jornada
Campo 15 de Agosto, em Lanheses
Bom tempo para a prática de futebol
2016.10.23

                                                       UDLanheses


    UD LANHESES, 0 . Távora (Arcos de Valdevez), 1
                                        (ao intervalo: 0-0)


UDLANHESES FALHOU (COM SURPRESA) APROXIMAÇÃO AO PRIMEIRO LUGAR DA CLASSIFICAÇÃO GERAL, AO SER SURPREENDIDO EM CASA PELO TÁVORA. GUARDA REDES VISITANTE FOI A FIGURA DO JOGO.


 Guarda redes do Távora segurou o resultado de 0-1 com algumas defesas de vulto.


 O UD Lanheses alinhou: Rocha, César (Ribeirinho aos 68') Faizão (Lomba aos 84'), Trindade, Pedrinha, Dani, Guti, Faneca, Polido (2ª parte Hugo Almeida, Peixe e Vítor Sousa.
Treinador: Miguel Kitos. (Nota: ordem crescente do número da camisola. Esquema de jogo inicial: 4x3x3)

Golo: 0-1,  aos 75', em lance infeliz do promissor jovem guarda redes lanhesense Rocha.

Árbitro: César Peixoto. Auxiliares: Nelson Santos e João Bernardino.


                             A equipa do Távora
 COMENTÁRIO.

     Contra o que seria de prever face aos resultados até agora alcançados pelas duas equipas, o União Desportiva de Lanheses (UDL) foi surpreendido em casa pelo Távora, perdendo a invencibilidade na prova e uma oportunidade de permanecer num dos lugares de topo da classificação geral.  O desfecho inesperado da partida, face ao modo como ela se desenvolveu ao longo dos noventa e três minutos, confirma a ideia de que nem sempre o resultado traduz a verdade do jogo. Com efeito, pelo que jogou e pelos vários lances criados suscetíveis de terminarem em golo, o resultado é muito penalizador para o labor e superioridade evidentes dos lanhesenses que não mereciam o resultado negativo. 

 O buliçoso defesa do udl Vítor Sousa conduz jogada pelo seu flanco (esquerdo)

      Os locais entraram na partida determinados a atacar a baliza contrária tendo gizado algumas boas jogadas para ultrapassar a defesa contrária e aos 14', Dani ficou isolado a curta distância do guarda redes forasteiro mas o remate saiu à figura; aos 25' Faizão, prestes a isolar-se foi derrubado à entrada da área. O árbitro assinalou o livre mas deixou no bolso o cartão.  Na conversão da falta, o remate saiu por cima da barra; aos 28' aconteceu o momento do jogo, com o guarda redes do Távora a defender dois remates sucessivos de jogadores diferentes do UDL, segurando o nulo; aos 40' foi Polido a rematar fora da área rente ao relvado com outra boa intervenção do guardião tavorense. O Távora procurava reagir e responder a cada investida dos locais em rápidos contra ataques com participação de dois ou três elementos, os quais terminavam com cruzamentos longos por alto e sem precisão ou perigo. 

 Dani, deixa para trás no solo um adversário e arranca para um lance que poderia ter aberto o marcador a favor do UDL.

No segundo período o panorama da partida não se alterou, mantendo-se a toada ofensiva dos locais e uma organização defensiva cada vez mais apertada da equipa do concelho dos Arcos de Valdevez. Aos 48' Faizão não conseguiu chegar com a cabeça a um excelente cruzamento da esquerda, no minuto seguinte dois elementos da equipa da casa hesitam no remate e o lance de golo gorou-se, aos 53' nova grande chance em remate violento proporciona outra grande defesa do guarda redes do Távora. Aos 75' em pontapé de fora da área e de aparente defesa simples escapou das mãos do jovem Rocha para o peito para transpor a linha de baliza, perante a desolação dos assistentes e jogadores locais. Aos 90'+3', último minuto, na sequência de pontapé de canto, a bola rematada de cabeça por um avançado da casa passa rente à barra. 


Nos apontamentos colhidos não registei qualquer oportunidade flagrante de golo criada pela equipa visitante, sem que isto possa ser interpretado como ausência de ataques da equipa do Távora ou falta de remates, os quais existiram  mas sem clara iminência de golo. O triunfo ficou a dever-se em grande parte à excelente exibição do seu guarda redes.
Se há injustiça num resultado negativo num jogo de futebol, Murphy estava certo quando pensou que se algo tem que correr mal correrá necessariamente mal. E o UDL que o diga.

O jogo sob o ponte de vista disciplinar decorreu de forma normal e o desempenho da equipa de arbitragem não teve influência no resultado negativo registado. Sem ter sido isenta da erros, não comprometeu.



JORNADA 5








CLASSIFICAÇÃO GERAL




PJVEDGMGSDG
17Atl. Arcos135410128+4
28Cerveira115320123+9
3
ADC Correlhã11532085+3
47Vitorino de Piães9530275+2
58AD Chafé8522186+2
68UD Lanheses8522153+2
78Neves FC85221108+2
8
Vianense7521275+2
97Castelense7521265+1
107Monção7521285+3
117ACR Arcozelo65203710-3
127Távora6520368-2
138SC Courense55122510-5


FUTEBOL DA FORMAÇÃO

                                    SUB-19 - JUNIORES



 Jovens lanhesenses sofreram derrota pesada na receção ao líder SC Vianense.

Resultados:


JORNADA 4

1 comentário:

  1. como costume sr Remigio uma anlise sempre correta do jogo os meus parabens ,agradeço em meu nome e da direçao o seu empenho e dedicaçao ao nosso ud Lanheses



    ResponderEliminar