domingo, 20 de dezembro de 2015

O FUTEBOL DA NOSSA TERRA



       Publicidade condiciona o design do equipamento do UDL

AF Viana do Castelo
1ª Divisão
Campo 15 de Agosto, em Lanheses
2015.12.20

    

    UD LANHESES, 1 - Atlético dos Arcos, 2
                                               (Ao intervalo: 1-2)


   - PAI NATAL FOI GENEROSO PARA COM OS RAPAZES DOS ARCOS.

  - NOVO TREINADOR DO UDL NÃO FOI FELIZ NA ESTREIA EM CASA.

                  MIGUEL KITOS, o novo treinador do UDL.


UDL: Fonseca, Tomás, Amaral, Faizão, Oliveira (aos 79' Lomba), Tiago (cap.), Trindade, Queirós (83' Rui Sá), Kitos (aos 69' Ricardo Silva), Peixe e Pedrinha.
 Treinador: Miguel Kitos

Árbitro: Pedro Vilaça.

           Tendo assinalado com uma vitória em Moreira do Lima (Ponte de Lima) a sua estreia à frente do UD de Lanheses depois da saída de Guilherme Pinto, o novo treinador Miguel Kitos não foi feliz na sua apresentação no campo 15 de Agosto ao ver a sua equipa a ser derrotada pelo Arcos de Valdevez. E o pior que lhe poderia estragar a estreia resultou de dois "brindes" que Fonseca, no primeiro golo e, a defesa no segundo, concederam ao adversário.

           A exibição global dos lanhesenses também não foi de molde a deixar os seus adeptos  satisfeitos. A equipa entrou no jogo algo ansiosa, desconexa e praticando um futebol confuso que os visitantes controlavam com relativa facilidade. Para agravamento da situação, Fonseca cometeu um erro incrível aos 6' do início, ao deixar escapar das mãos para dentro de baliza a bola que chegou até ele sem o mínimo perigo, vinda da linha de fundo. Mal refeita do golpe, a equipa viu a vantagem subir para o 0-2, agora por culpa da passividade coletiva da defesa de que resultou o golo.
           Quando já se pensava que o resultado não seria alterado antes do intervalo, Tomás, que tinha subido até à grande área contrária, num remate oportuno, reduziu para 1-2  e a esperança da reviravolta no período complementar cresceu. No recomeço, os locais pareceram melhorar na qualidade e intensidade do seu futebol procurando pressionar o seu adversário, sem contudo conseguir jogadas de iminente perigo para a baliza arcuense, a qual nunca se remeteu a uma táctica de preservar o resultado mantendo a defesa local sempre em alerta, conseguindo aguentar sem muito custo a vantagem adquirida no período inicial.

            A vitória dos forasteiros tem justificação porque mostraram estar melhor neste jogo do que a equipa de Kitos, ainda com pouca rodagem para transmitir a nova ideia de futebol que queira vir a implantar. Os jogadores empenharam-se o máximo para inverter o marcador desfavorável e esta atitude pode ser importante para o aumento dos níveis de confiança de que a equipa necessita.

              Capitães das equipas e árbitros do encontro

             A arbitragem de Pedro Vilaça e dos juízes auxiliares não registou erros de maior e se alguns protestos houve sobre  as suas decisões eles vieram mais dos apoiantes da equipa de casa do que dos arcuenses presentes em igual ou maior número do que os adeptos do UDL...

                               O JOGO EM IMAGENS 







 


JORNADA 15

 CLASSIFICAÇÃO GERAL

03/01AD Chafé-UD Lanheses
SC Courense-GD Moreira do Lima
AD Campos-Valenciano
FC Vila Franca-Vila Fria
Vitorino de Piães-Cerveira
ADC Correlhã-Ponte da Barca
ARC Paçô-Castelense
Monção-Atl. Arcos

Sem comentários:

Enviar um comentário