quinta-feira, 6 de março de 2014

ARMADILHA ELÉCTRICA FATAL PARA AS CEGONHAS.

       Já no ano transacto aconteceram três mortes confirmadas de cegonhas-brancas por electrocussão, em postes de rede eléctrica levantados no Lugar de Lamas, em Lanheses, divulgadas aqui no doLethes nessa altura. Hoje, perto do local onde tinha ocorrido no ano passado, constatei que a "execução" daquelas aves protegidas continua a acontecer presumivelmente pelo mesmo motivo.



 É nestes postes de média-tensão que as cegonhas sucumbem, electrocutadas.
      

    Esta ocorrência, que coloca em perigo a colónia de cegonhas-brancas que escolheram para habitat esta parcela do Vale do Lima há poucos anos atrás deve-se, ao que tudo indica, a alterações técnicas introduzidas há perto de dois anos nas ligações dos fios eléctricos no cimo dos referidos postes que as aves, ao pousarem ou ao levantarem no local, tocam com as suas longas asas sendo electrocutadas pela corrente que estabelecem entre os fios condutores.

     Esta "cadeira eléctrica" parece ser de fácil desactivação desde que a alteração efectuada seja convenientemente  isolada ou substituída por um sistema que evite o toque simultâneo das asas dos animais nos fios. Terá contudo de merecer rápida intervenção dos responsáveis envolvidos no assunto, mesmo as autárquicas locais, a tempo de evitar a dizimação total desta espécie nestas paragens.


         A ornamentação natural não atenua a crueza de uma morte prematura evitável.

     As fotografias publicadas foram colhidas no extremo sul da propriedade da Casa do Paço, junto ao muro da antiga moradia de Francisco do Vale.

Sem comentários:

Enviar um comentário