sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

BOM GOSTO.

         
    Este, tal como se apresenta aqui nas imagens, não é propriamente o "carro do povo" que a Alemanha lançou e popularizou em todo o mundo nos anos que se seguiram à II Grande Guerra Mundial de 1939/45, embora seja o mesmo o desenho do modelo original. Há, neste, um traço de requinte e esmero que lhe conferem um estatuto aparente de carro de elite, apesar de poder ser o dono alguém com  muito bom gosto e arte para lhe dar o visual de luxo que aqui se demonstra.


             Com a devida vénia ao seu proprietário, que não conheço, não resisti a colher algumas fotos desta "máquina" de estimação que ele passeia neste dia solarengo e temperatura aceitável, felicitando-o (sobretudo) pela beleza e elegância do "brinquedo" e pelo bom gosto das cores com que o vestiu.




               Até os trapos velhos dão (davam...) lindos tapetes e quentes mantas. Mas isso aconteceu "noutros tempos"...

1 comentário:

  1. sr remigio se fosse vermelho e branco tambem nao era feio, e atè lhe dava mais vida e esta em ,david

    ResponderEliminar