quinta-feira, 12 de maio de 2016

ARCO FESTIVO ÍCON DA FESTA DE VILA MOU (Viana do Castelo).

    

                 Avenida do Arco Festivo que dá acesso à Igreja
     

´       Ficou ontem levantado ao fim da tarde em Vila Mou (Viana do Castelo) na avenida com o mesmo nome que dá acesso à Igreja paroquial, o artístico Arco Festivo que se converteu num símbolo emblemático da grandiosa Festa em Honra de Nossa Senhora da Encarnação a decorrer e, da própria freguesia da ribeira Lima por continuar uma tradição com muitos anos de que os vilamuenses muito se orgulham em perpetuar. 

        O Arco Festivo é uma estrutura com tamanho e peso consideráveis  construída com varas de pinheiro cobertas com flores e ramos de bucho verde, armada em várias secções que acabam em forma de pirâmide no topo da qual estão coloccadas uma cruz e uma bandeira alusiva à festa. Os espaços seccionados são preenchidos com quadrados recorrendo a ripas em xadrez caiadas de branco ou desenhos filigranados feitos em verga tendo ao centro uma estrela, resultando numa obra simples mas de belo efeito no enquadramento paisagístico onde se levanta. Toda a composição e desenho do Arco respeita o modelo original criado por Manuel da Pedreira, um devotado artesão da terra já falecido com direito a efígie junto do local, em homenagem da freguesia à perpetuação da sua dedicação e acrisolado bairrismo.



       Antigas palmeiras guardam memória de muitos arcos. Resistentes.
         

         No levantamento iniciado pelas 19:30 horas de ontem participaram vários homens para o controle da subida da estrutura e fixação dos cabos de aço, com  recurso a uma grua montada numa viatura pesada. Até ficar na posição vertical a operação levou onze minutos e ao fim de pouco mais de vinte e cinco o Arco ficou estabilizado. A operação foi presenciada por um número considerável de pessoas não obstante o frio e a chuva insistente que se fizeram sentir na altura, que, contudo não fizeram esmoreceram o interesse de muitos dos presentes no registo da operação em telemóvel, máquinas fotográficas e de vídeo para memória futura.


        Os arcos festivos são comuns a muitas manifestações populares que se realizam no Alto minho (e por outras regiões...). Todavia, em algumas localidades os organizadores deixaram cair esta tradição por falta de voluntários para reunir os meios necessários para os construir e, também, pelas restrições impostas pelas autoridades que regulam o trânsito nas vias públicas onde são proibidos. Não é o caso do de Vila Mou que não interfere com a circulação normal de veículos automóveis. Ainda bem que assim é, pois como o Arco Festivo de Vila Mou não conheço tão antigo, lindo e representativo nas redondezas.



                              Igreja paroquial de Vila Mou


 
                   FASES DO LEVANTAMENTO DO ARCO FESTIVO









         
FOTOS: doLETHES
Remígio Costa

 

1 comentário:

  1. Bem haja, Sr.Remigio!
    Excelente trabalho!
    Obrigada, pelo carinho e dedicação,que tem demonstrado todos os anos, a Vila Mou e as festas de Nsa. SRA.DA ENCARNAÇÃO!

    Lúcia Paradela

    ResponderEliminar