terça-feira, 27 de outubro de 2015

BURACO ABERTO NA REDE DE SANEAMENTO DESATIVADA.

             

                                 O buraco com tendência para alargar
 
                   Na antiga rede de saneamento desativada, agora utilizada como condutora de águas pluviais que passa numa leira de cultivo junto à casa do motorista de viaturas pesadas, Euclides Castro, na Rua da Agra, o terreno cedeu naturalmente ficando aberto um buraco com alguma dimensão, com indícios de que, por ação das chuvas, venha a ficar ainda maior. O próprio piso da Rua, junto a uma tampa do saneamento, apresenta ranhuras indiciadoras de fratura podendo ceder a qualquer momento por força de uma carga mais pesada que pressione o estado debilitado do local. De acordo com o esclarecimento que me foi prestado por um morador, existe soterrado no local um tanque de alguma dimensão que faz parte da velha rede, cuja estrutura terá cedido e causado o aluimento de que resultou o perigoso buraco.

              No piso da Rua, junto à tampa do antigo saneamento, o terreno está a ceder.

           O local não está protegido nem sequer sinalizado e há perigo de alguém, pessoa ou animal, poder não se darem  conta da ratoeira que ali se formou e cair na abertura, ou mesmo uma viatura, com as consequências que daí possam advir.

                          Há aqui uma fossa cuja cobertura terá cedido.

Fotos: doLethes

Sem comentários:

Enviar um comentário