quarta-feira, 5 de agosto de 2015

XXXVI FESTIVAL DE FOLCLORE INTERNACIONAL DA CASA DO POVO DE LANHESES (Viana do Castelo)

       






                   
                 Quando escolhi como título para divulgação do XXXVI Festival de Folclore Internacional da Casa do Povo de Lanheses (Viana do Castelo), que decorreu com assinalável êxito no passado sábado dia 1 de Agosto, no vetusto e histórico cenário da Casa do Paço de Lanheses propriedade da Casa d'Almada, a frase  "Cenário ideal para assistir a um festival", estava bem longe de pensar que jamais melhor se poderia achar "antes ou depois de Cristo" (aC ou dC). Foi, pois, com a curiosidade um tanto espicaçada pela enigmática expressão e simultâneamente pesaroso por tão estudioso e rigoroso conhecedor dos hábitos culturais antigos e modernos se mantivesse modestamente incógnito, pois que afirmação de tão notável alcance mereceria ter paternidade assumida e ficasse registada para a posteridade.

         Sendo assim, estou agora mais à vontade para reiterar a minha convicção de que a edição no 36º do festival de folclore internacional de Lanheses que o cenário onde se exibiram onze agrupamentos dedicados à cultura folclórica e às danças regionais sendo seis de nações fora da Europa, condizia a preceito com a natureza do ato cultural que ali foi promovido, como o comprova a multidão de apreciadores que ali acorreram para aplaudir de princípio ao fim os componentes dos grupos que pisaram o palco. Valeu e pena o esforço da organização ao apresentar tão variada escolha de costumes e ritmos sem custos para os muitos apreciadores deste género de espetáculos sendo também de louvar
a hospitalidade com que todos aqueles que acederam ao local lhes foi dada pelo representante da Casa do Paço de Lanheses, D. Lourenço de Almada.

          GRUPO DA COSTA RICA







                 RANCHO DE ABRAVEZES (Vila Nova de Gaia)





                            

            IMAGENS DO PÚBLICO PRESENTE NO FESTIVAL









 GRUPO DE ISRAEL
































 CASA DO POVO DO RIBATEJO










5 - URUGUAI


























 COIMBRA





BIELORRÚSSIA










































































COLÔMBIA





































                           LANHESES É A NOSSA TERRA
                     DO CONCELHO DE VIANA
                     NA DANÇA TODA SE ESMERA
                     NO VESTIR É SOBERANA!











































































VIRA TRAPALHÃO










FOTOS: doLETHES
Remígio Costa

                             
                             
                             
                            

5 comentários:

  1. "ANTES e DEPOIS DE CRISTO"!!! Tenho que voltar a ler o Pr.Gabriel Goncalves
    sobre casas antigas e monumentos de Lanheses!…..

    ResponderEliminar
  2. É sensata a decisão de reler Gabriel Gonçalves, dC.

    ResponderEliminar
  3. Em direito uma verdade so e verdade,quando levada as ultimas consequencias.
    Ate la nao e verdade, e uma opiniao.

    ResponderEliminar
  4. Não sendo jurista (e que o fosse) nada tenho a contradizer, a não ser que não há da minha parte o propósito de levar assunto tão comezinho "as ultimas consequências" Também me parece ser do censo comum (e presumo que Constitucional) que o direito a ter opinião assiste a todo e qualquer cidadão... Mas, se e quando chegar a uma conclusão dê-se ao incómodo de ma dar a conhecer, por favor.

    ResponderEliminar