quinta-feira, 6 de agosto de 2015

MERECIDO DESTAQUE.

                      SÍLVIA RIO, na apresentação do XXXVI Festival de Folclore Internacional de Lanheses, na imagem cedendo o microfone a D. Lourenço de Almada, representante da Casa do Paço onde o Festival decorreu.


                  O protagonismo que é conferido ao Rancho Folclórico da Casa do Povo de Lanheses nos certames em que participa resulta de vários fatores que o distinguem positivamente dos demais pela beleza e diversidade do traje, pela elegância e rigor dos intérpretes nas danças que exibe, pelo surpreendente e inédito número designado de "saracu", pela interpretação instrumental e, muito, pela maneira organizada que evidencia na ocupação do estrado que pisa.

        É devido, porém, um justo reconhecimento pelo mérito do trabalho que SÍLVIA RIO, desempenha na função difícil de apresentadora cuja qualidade é valor acrescentado ao prestígio do Rancho a que pertence. A Sílvia Rio, natural de Lanheses mas a residir na freguesia de Meixedo, casada e com um filha de tenra idade, sendo amadora como todos os outros seus colegas, possui um excelente timbre de voz, bem colocada, bem audível  e com perfeita dicção, faz a leitura dos curriculos de apresentação sequencial dos  grupos sem hiatos ou lapsos nas palavras escritas e usa uma naturalidade simples e discreta. E, quando necessário, sabe como improvisar nos momentos em que isso é imperioso se o Rancho apresentado não acompanhou o momento em que ela o apresentava.

        Aqui fica, pois, o merecido destaque a um elemento dos mais preponderantes nos sucessos do Rancho Folclórico da Casa do Povo de Lanheses.

Foto: doLethes

        


Sem comentários:

Enviar um comentário