sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

VAI FICAR O NOVO CASAL DE CEGONHAS-BRANCAS?

              




                  Um novo casal de cegonhas-brancas poderá fixar-se em Lanheses, agora no Lugar do Outeiro se vier a confirmar-se como boa escolha as frequentes vezes que têm sido avistadas nos últimos dias no cimo de uma alta palmeira atingida pelo escaravelho vermelho e que há muitos anos crescia no logradouro da residência da família de Tomás Franco. Aparentemente sem disporem de muitos lugares ideais para instalar os seus ninhos e poderem procriar na área urbana onde parece que preferem instalar-se e, sendo já em número considerável as que nasceram por estas bandas, elas exploram inteligentemente as poucos oportunidades que se lhe oferecem. E este local, pelo conhecimento que tenho adquirido desde que há cinco anos a esta parte tenho vindo a observá-las parece satisfazer todos os requisitos para as suas intenções uma vez que dispõe de uma vista alargada sobre o vale do rio Lima e dos extensos pauis pantanosos a norte e a nascente do regato da Silvareira, afluente do Lima.



                Embora possa considerar-se especulativa a possibilidade deste casal ser o que foi desalojado do poste da rede elétrica junto `E.T.A.R, pela colocação de um mecanismo que inviabilizou a reocupação de ninho, não é de excluir esta hipótese dada a relativa proximidade dos dois locais.


               

                    Quero deixar aqui uma referência aos amigos pessoais que, através de e-mail, ontem, e, hoje, de manhã, verbalmente, me alertaram  com  a "dica" da existência do casal de cegonhas na palmeira do Lugar de Outeiro, o que gostaria pudesse verificar-se com todos os seguidores do doLethes em relação a assuntos com interesse de divulgação.

                    Gostaria que este casal ali ficasse. Mesmo que o Lugar do Outeiro já seja lindo, com as cegonhas ainda tinha mais graça. Não achas, Marília? Ao Luís, nem pergunto...



           Fotos: doLethes    

1 comentário:

  1. o lugar do outeiro é lindo sim senhor. com ou sem cegonhas! :)
    elas dão-lhe graça e lá passam algum tempo a contemplar a singularidade do local. mas não me parece que tenham ideia de lá ficar. é mesmo só para ver as vistas!!! espertas!!! :) ou então a "mosca assassina" não lhes dá permissão de estadia! :)

    ResponderEliminar