sexta-feira, 9 de novembro de 2012

LANHESES NÃO ENTRA NA "REFUNDAÇÃO" DAS FREGUESIAS.

           
Mapa: Viana do Castelo - Clique para ampliar - (c) Filipe Moreira / Semantix (Todos os direitos reservados)


             No estudo divulgado pelo governo com vista à elaboração de um novo mapa da reorganização autárquica do país, Lanheses não agrega mas também não é agregada, mantendo a sua actual autonomia. A proposta que deverá ser agora discutida e votada na Assembleia da República até ao fim do corrente mês, prevê que das 4050 freguesias actualmente existentes, 1165 deverão perder a sua autonomia de acordo com os critérios legalmente estabelecidos, que têm em consideração o número e densidade da população e situação geográfica, entre outras exigências.

              Nas freguesias do concelho de Viana do Castelo que estão mais próximas de Lanheses, a de Vila Mou deverá juntar-se à da Torre, e, Nogueira, Meixedo e Vilar de Murteda passarão a estar juntas e a ter uma única administração. Nada sei do que pensam os fregueses destas localidades, como aliás desconheço a dos meus conterrâneos, mas, sem pretender meter foice em seara alheia, permito-me avançar com a opinião de que os torrenses e vilamuenses são bastantes "próximos" e não deverão notar diferenças na convivência; já no outro "lote", juntar à mesma mesa Meixedo a Nogueira, vai requerer alguma paciência e tempo bastante para os sociólogos adiantarem opções.

 
 Câmara Municipal de Viana do Castelo              

 A nova divisão administrativa está longe de obter consenso da maior parte das populações envolvidas, principalmente as dos meios rurais, pelo que a sua aceitação não se perspectiva pacífica sendo de admitir que este governo venha, na tradição de outras decisões  tomadas à revelia do interesse dos cidadãos, acabe por recuar nos seus propósitos e suspenda, altere ou mesmo desista da implementação da reforma.

                   
Deverá continuar como sede da JUNTA DE FREGUESIA DE LANHESES.

              Recorde-se que a posição de Câmara Municipal de Viana do Castelo é desfavorável à anexação das freguesias contra a vontade das interessados, posição que foi ratificada em reunião onde compareceram todos os presidentes de junta das freguesias do concelho.

             Veremos qual o sentido de voto por parte dos deputados eleitos pelo círculo de Viana do Castelo quando a lei for discutida e votada na Assembleia da República...

              O que menos se compreende e aceita num assunto desta relevância que vai condicionar o futuro de tantos portugueses, sobretudo os que vivem no dito "Portugal profundo", tenha sido concebido pelos políticos e traçado nos  gabinetes pelos técnicos oficiais "à tesoura e cola" mantendo os interessados em total ignorância sobre o que vai ser alterado e das consequências futuras que a reforma implicará. 

              Lanheses fica, para já, fora do problema. Não agrega, mas também não será agregada. Fica bem assim. 

                Até ver... 


            

             

             


             

25 comentários:

  1. Refere-se no brilhante texto que "...Vila Mou deverá juntar-se à da Torre...". Ora, Vila Mou não se junta à Torre, assim como a Torre não se junta a Vila Mou. "Cria-se", antes, uma união de freguesias.
    Quanto à aceitação desta nova realidade administrativa, não se esperam grandes manifestações de rejeição ou repúdio por parte da população da freguesia de Vila Mou, se atendermos que Vila Mou vive cinzenta, apática e conformadamente quando confrontada com realidades propostas por elementos exteriores à freguesia. Serve de exemplo o encerramento da Escola: não se ouviu sequer uma palavra de descontentamento, nem da população, nem dos orgãos dirigentes. A freguesia limita-se a conformar-se. Vila Mou, sem alma e sem vida, agoniza lentamente...

    ResponderEliminar
  2. Nunca fui favorável à união das freguesias como proposto pelo actual Governo. Porém, entre uma "união" Vila Mou/Lanheses (que Lanheses pretendia e Vila Mou aceitava) e Vila Mou/Torre (que a Torre defendia e Vila Mou rejeitava) prefiro a opção da proposta: União de freguesias Vila Mou e Torre. Sendo duas freguesias de similar dimensão em termos geográficos e populacionais, nenhumas delas tenderá a "absorver" e "esmagar" a outra. A identidade manter-se-á e a capacidade reinvindicativa será igual. Nenhuma delas conseguirá impor à outra seja o que for... ao contrário do que aconteceria se a União fosse Vila Mou e Lanheses.

    ResponderEliminar
  3. Lanheses tem o que Vilou,S.Salvador e Meixedo necessitam tais como: Escola Secundaria, Centro de Saude, Farmacia, Correios,a Casa para a terceira Idade e outras associacoes sempre deponoveis ao povo destas freguesias...A casa do Povo, a associacao humanitaria, a associacao dos casadores, a feira de quinzenal e, os proprios Lanhesense sempre despostos a acolher com igualdade,faternidade e repeito todo este Povo que bem utilizando os servicos ao seu dispor. Por conseguinte seria geograficamente e socialmente certo associar Meixedo, Vila Mou e S. Salvador a Lanheses.

    ResponderEliminar
  4. O anónimo das 18:56 deve ser mais um daqueles que queria poleiro e não consegui ou foi corrido, mais um ressabiado da política, afinal queriam ter uma escola aberta para manter tachos, ou que os nossos filhos frequentem um centro escolar bem apetrechado e bem organizado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Até pode não ser de Vila Mou, mas fala como um tipico vila mouense. A linguagem e as conclusões são habituais ouvirem-se em Vila Mou

      Eliminar
  5. Era uma vez um pai de familia com doze filhos.Antes de morrer reuniu todos os seus filhos e pediu que lhe troucessem um molho de doze" bimes"depois, pediu a um deles que partisse uma das vergastas e, um dos filhos partiu-a com inorme falicidade!!!Depois disse o Pai:-Agora meu filho juntas todas e parte-as. Mas o filho depois de as juntar expermentou mas nao as consegiu partir! Entao o velho falou:-Meus filhos se vos manter unidos nunca vos vencerao.Unidos podereis conseguir todos os vossos objetivos,podereis concretizar todos os vossos "sonhos"podereis ter mais forca para alcancar o que um Homem so nunca o podera! E, MORREU! ( Sera que esta simples historia nos servira para todos nos nesta hora ?)

    ResponderEliminar
  6. É a primeira vez que escrevo neste blog, embora o acompanhe regularmente, queria aproveitar a oportunidade para felicitar o Sr. Remígio por este excelente trabalho.
    O meu comentário é uma resposta ao comentário das 18:56h do dia 9, esta pessoa que não tem a coragem de se identificar, então esconde-se atrás da figura do "anónimo/alguém" para maldizer e criticar a população e a Junta de Freguesia de Vila Mou. Este “ALGUÉM” não deve andar muito atento ao que se passa na freguesia de Vila Mou, por exemplo no que concerne ao encerramento da escola primária o mesmo estava previsto acontecer dois anos antes da data que encerrou, este adiamento só foi possível graças ao empenho e ao poder reivindicativo do executivo da Junta de Freguesia da altura. Em relação à reorganização do território e agregação de freguesias, a Junta de Freguesia promoveu e fomentou a discussão pública nesta matéria com a realização de uma sessão de esclarecimento para toda a população em Novembro do ano passado, assim como levou à Assembleia de Freguesia este ponto em todas as reuniões desde essa data.
    O(a) Senhor(a) “ALGUÉM” tem oportunidade de apresentar as suas sugestões de acções de “rejeição ou repúdio” em sede própria (por exemplo nas reuniões da Assembleia de Freguesia), estas sugestões serão certamente atendidas, mas nunca o fez, mas não o faz e de forma gratuita acobarda-se no anonimato para simplesmente maldizer sobre o que se passa na nossa Freguesia.

    Filipe Costa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uns escondem-se no anonimato para dizerem o que pensam (mesmo que o pensamento deles esteja errado). Outros escondem-se no silêncio ou desaparecem para não dizerem o que pensam e assim não se vincularem a nada, e sobretudo, para não se comprometerem com nada!!!

      Eliminar
  7. Parabéns Filipe, não é preciso ter medo e dizer mal escondido.

    ResponderEliminar
  8. Brilhante texto de propaganda o publicado ás 18.32 do dia 10 de Novembro de 2012.
    Reitero e mantenho tudo quanto expressei no meu post das 18.56 de 9 de Novembro de 2012, com o esclarecimento de que em momento algum maldisse da população de Vila Mou.
    Na verdade o encerramento da Escola do Ensino Básico de Vila Mou, aconteceu efetivamente perante a apatia e a indiferença da freguesia. Não se ouviu uma voz discordante, nem sequer se ofereceu um requiem. Simplesmente aconteceu o encerramento.
    E se assim foi com o encerramento da Escola e assim é em relação a muitos assuntos da freguesia, o mesmo acontecerá com a reorganização administrativa proposta para Vila Mou.
    O cinzentismo e apatia da freguesia são evidentes e notórios. Vila Mou vive de desculpas e justificações.

    Em Vila Mou ou és alinhado com o sistema ou então serás trucidado na praça publica (ruas, cafés, adro, etc) se te manifestas contra ele...

    Apesar disso não deixei de expressar a minha opinião acerca do futuro de Vila Mou em função da proposta União de Freguesias Vila Mou/Torre, tornada publica na semana passada.

    Por isso, do Senhor Bloguista a quem tanto incómodo parece ter causado meu post das 18.56 do dia 9 de Novembro, gostaria de saber qual a sua opinião acerca do assunto.

    Cumprimentos a todos os que lerem esta postagem

    ResponderEliminar
  9. .Na minha opinião era que a reforma ainda havia e ser mais drástica para acabar com tanto tacho, para que servem tantas juntas de freguesia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro anónimo... O problema é que agora extinguem-se as Juntas de Freguesia e a seguir extinguir-se-ão as respetivas freguesias.

      Eliminar
    2. Este anónimo tem uma relação muito conflituosa com tachos. Entenda anónimo que quanto mais perto estiver a sua Junta de Freguesia melhor servido será o Senhor!!!

      Eliminar
    3. Hahahahahahahh não sei que serviço pode uma junta prestar.

      Eliminar
  10. Vila Mou, S.Salvador e Meixedo, podem ate associar-se a freguesia de Sta. Maria Maior em Viana do Castelo...Mas uma coisa e certa vao sempre necessitar de Lanheses! E porque? Por que Lahneses tem tudo o que estas freguesisas precisam. Tem: A GNR, tem os Correios, tem a C+S ,tem o centro Escolar Basico. tem o Centro de Saude,tem a Uniao Desprotiva, tem a Zona In dustrial,tem o Centro para assistencia aos idosos, tem a Feira Quinzenal,tem a associacao Humanitaria, tem a associacao de Cacadores,tem as iniciativas da Junta e tem intelectualismo
    ( Este ultimo espera polemica, e vamos a ela) Quanto a administracao para futuro sera para descutir numa proxima...se houver ideias.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade o que postou Sr Anónimo neste post das 16.23 de 13 de Novembro.
      É verdade que atenta a privilegiada situação geográfica de Lanheses, historicamente foi sendo dotada de equipamentos e serviços aos quais as populações vizinhas sempre recorrerão.
      Mas, Sr Anónimo, não nos devemos prestar a equivocos ou confusões: se for por diante a proposta de criação da União de Freguesias Vila Mou/Torre, as populações destas duas freguesias continuarão a desfrutar dos equipamentos e usufruir dos serviços localizados em Lanheses, como o fizeram até agora.

      Quanto ao "inteletualismo" que refere no seu post muito teria para dizer. Ficará para outra ocasião!!! Quem sabe até, se um dia desses, o dono deste blogue possibilite falarmos sobre esse assunto.

      Eliminar
  11. Anónimo das 16:23

    Sem desejar ir no meu comentário além das nomeações que faz, permita-me que acrescente uma outra que, por não ser material, não é menos relevante, antes pelo contrário: o progressivo e natural bom relacionamento que se vem verificando entre as populações das duas freguesias, de uma forma perfeitamente natural que não distingue a origem de cada um, numa reciprocidade social que se manifesta na convivência diária no uso dos equipamentos e serviços que aponta e noutros eventos tradicionais que se promovem anualmente nas duas localidades.

    Remígio Costa.

    ResponderEliminar
  12. E talvez, a parte mais importante, esta que o Sr. menciona, ou seja o conivoi social.o relacionamemte, tanto social como ate sanguino, com isto e mais uma prova que somos uma familia na luta por cada um de nos. Estou 100% de acordo com a sua chamada ao meu post.E, nao sera dificil lidar com um sistema administrativo balanciado, na compreencao e no equilibrio populacional. Por conseguinte eu estou de acordo na Uniao ou Aossociao destas freguesias para o bem de todos nos.

    ResponderEliminar
  13. Sr. Alguem, do post 11.42, tenha muita paciencia mas nunca foi referido que em caso da associacao das freguesias Vila Mou, S. Salvador Meixedo lhes seria negado a assistencia que
    ate ao momento tiveram. Nao percebi bem onde os Sr. Aguem quere chegar! Quando falei de intelectualismo nao me referi a pessoas, mas sim ao conjunto de condicoes, a que posso
    chamar intelectualismo ou, entao todos estas instituicoes de ensino deixariam de ter nenhum valor intelectual. E um centro de valorizacao inteletual ou nao? Eu.como sempre o fiz, nao estou aqui para ofender seja quem for...Pesso-lhe que nao leve os pontos de vista aqui decutidos para o indevidualismo.Estamos a defender a Uniao destas ferguesias e os beneficios que nos trara a todos nos.

    ResponderEliminar
  14. Outra chamada ao Sr. Alguem das 11.42:
    Com franqueza e repeito nao sei bem a sua chamada de atencao: Entao faria sentido que se agora ou ate agora estas ferguesias sao recebidas em Lanheses, com todo o respeito, com todo o carinho, com toda a prontidao e recebidos como uma familia unica, o Sr Alguem venha dizer que depois da Uniao podem deixar de usurfurir dos direitos que tem hoje e terao sempre...Por favor nao invente, e centralize entao o seu inteletulismo no assunto que estamos a argumente.

    ResponderEliminar
  15. Senhor Anónimo das 17.15 e 17.25, jamais usaria o Blogue do nosso prestimoso amigo, o Senhor Remigio Costa, para ofender seja quem for. Aliás dos meus post's anteriores não vislumbro onde existe ofensa; apenas e tão só deixo minhas opiniões ou comento opiniões alheias.
    Permita-me porém que para perceber as minhas postagens deverá ter presente que a proposta governamental é no sentido de criar uma União de Freguesias que inclui apenas Vila Mou e Torre.
    Quem no passado recente NÃO defendia esta solução, argumentava que os serviços e equipamentos localizados em Lanheses e que servem a população de Vila Mou e Torre, deixariam de poder ser utilizados por aquelas populações, assim defendendo a União de Freguesias Lanheses/Vila Mou.
    Com meu post pretendo apenas informar que não é por Vila Mou não fazer parte da "união" com Lanheses que aquelas serviços não continuarão a ser utilizados e usufruidos pelos Vila Mouenses.
    Por isso Senhor Anónimo os serviços e equipamentos localizados em Lanheses não poderão ser negados aos Vila Mouenses, porque apesar de localizados em lanheses também pertencem a Vila Mou.
    Um conselho amigo Senhor Anónimo: leia melhor os meus post's.
    Abraço

    ResponderEliminar
  16. Outra chamada ao Sr. Alguem das 11.42.
    Meu caro Sr Alguem: Vila Mou tem 3.020 Km2. Habitantes tem:564
    Meixedo tem a volta de 3,000Km2. Habitantes tem 467
    S.Salvador tem:4.800Km2. Habitantes tem 615 Isto e:3.020+3.000+4.800=10.800Km2. Habitantes ha:564+467+615=1.646-Habt.
    Lanheses tem 10.040Km2. Habitantes tem 1.645 tudo isto quere dizer que Lanheses tem menos um habitante que as trees ferguesias juntas e com menos 760 metros quadrados da soma das tres juntas.

    ResponderEliminar
  17. AINDA FALANDO COM O SENHOR "ALGUEM"

    O porcesso da Uniao de freguesias, a meu ver, e muito mais complicado para o governo que para nos "O POVO"apesar de so apenas contribuir para a reducao do defite uns 0,3 a 0,5 e muito mais complicado,ainda para o poder autarquico, neste nosso caso, a Camara de Viana do Castelo. Nao e por acaso, penso eu, que se preponhe a uniao ou associacao de duas freguesias como Torre e Vila Mou e por ai adiante...Neste caso esta uniao nao ira afectar o governo de Viana em nada..ficara tudo na mesma e o poder revendicativo continuara a ter a mesma forca que tinha ate aqui. Agora vejamos:-Se a vontade do povo de S. Salvador, Vila Mou, Meixedo e ate Vilar de Murteda e S. Lourenco,por vontade propria se queiram juntar a Lanheses, podere-
    remos ja adevinhar que as forcas politicas se irao ou iriam opor e o farao por motivos varios.
    Por que simplesmente todo o sistema eleitoral e administrativo teria ou tera que ser alterado,mas eles sabem disso. Seria entao uma forca com um valor revendicativo com peso de seis vezes mais, perante a Camara de Viana que ela propria teria de se moldelar as nossas aspiracoes e alterar to do o modo de apoio a este conjunto de freguesias unidas.So bene ficiariamos e,entao o governo tambem...Por que: 1-Teriam que have transportes proprios para oo entercambio que se adevinha ou adevinhara.2-Teriam que haver ou tera uma descentralizacao de servicos.3-Estamos a fafar de 3.291 mil habitantes, para serem asistidos e que merecem ou merceriam sem a deslocao penosa de 14 kilometros, mais o tempo perdido com todas as despesas enerentes a deslocacao.4-E. segundo a nossa historia poder-se-ia re-
    petir em diferentes moldes o que Viana nao aceitaria. E. penso eu, que o sistema ira juntar fergusias nao em nosso proveito, mas sim em proveito "deles"para continuar exercer o seu poder sem ninguem interferir no velho sistema.
    Sem ainda ter conhecimento se iremos ter vontade propria nesta alteracao administrativa e sem ter conhecimento do decreto-lei nao me posso pernunciar sobre o paple do Povo que "voz" tera ou ira ter.

    PS.Senhor Alguem,
    De maneira nenhuma considero que o Senhor me ofendeu! Pelo contrario, esta a expor os seu pontos de vista, que tem direito. Com respeito pelo blog e pelo comemtador que entablou dialego. Da para perceber que o Senhor e de Vila Mou, eu sou de Lanheses e estou de acordo com a sua chamada: As estalacoes culturais de Lanheses sao tambem de Vila Mou, e nao so,tambem da Torre,Meixedo,S. Maria de Geraz do Lima, St Leocadia, Moreia, Vilar de Murteda,e S.Lourenco. Sao do Povo e irao continuar a ser do Povo.

    Um Abraco

    ResponderEliminar
  18. Verdade Senhor Anónimo... dizendo melhor, o Senhor é um esquerdista Lanhezense!!!

    ResponderEliminar