quarta-feira, 14 de novembro de 2012

GREVE POR CÁ.

                O Agrupamento de Escolas de Arga e Lima

            O Agrupamento de Escolas de Arga e Lima abriu os portões à hora habitual e os alunos chegaram a entrar nas salas de aula, mas, naquelas onde estavam alguns dos respectivos professores, foram informados de que teriam de regressar a casa. Para além das aulas, não puderam funcionar os serviços essenciais que tratam da logística do equipamento, como o refeitório e os serviços administrativos, por escassez de pessoal não docente, pelo que se tornou inviável o funcionamento mínimo dirigido aos alunos.

    
          



                                     Centro de Saúde

           O Centro de Saúde estava encerrado esta manhã, ao que julgo de acordo com o horário de funcionamento habitual estabelecido, não sendo conhecida a decisão sobre se vai abrir no período da tarde. A Junta de Freguesia está aberta ao público, o mesmo acontecendo com o posto do correio. Aqui, no Largo Capitão Gaspar de Castro e na Rua de Santa Eulália, todos os demais serviços essenciais abriram as suas portas: casa do povo, grémio da lavoura, casa de farinhas,  bancos, farmácia, laboratórios de análises clínicas, escritórios, cafés e restaurante não se notando alterações ao movimento habitual que ali acontece diariamente. Poder-se-à garantir que o mesmo acontece em relação a toda a freguesia.


 

           Quem também não está de greve são os pequenos lavradores e os que se ocupam da agricultura familiar.


                                                        Junta de Freguesia


                                                    Correio.

                                                     Banco


     Largo Capitão Gaspar de Castro.       
     


                      

Sem comentários:

Enviar um comentário