terça-feira, 13 de novembro de 2012

FACTOS & FOTOS PARA PARTILHAR.

Falando de modo geral não há quem não sinta prazer em festejar o aniversário de nascimento e celebrar a data das mais variadas maneiras e gostos. Em família, a dois, na intimidade ou numa festa, a pretexto de lembrar o dia da entrada no mundo, lá andamos nós a cantar os parabéns, a desejar felicidades, a receber e a dar prendas, a comer a fatia do inevitável bolo alusivo "ao feito" e a tacinha de champanhe sempre cheia quantas vezes o requerer a vontade e...o bom senso para quem tiver de conduzir.

Há também quem ache piada em juntar os que, por coincidência, levaram a palmadinha no rabo e soltaram os primeiros berros quando aqui chegaram vindos dos nove meses da "cozedura" do embrião que ganhou a corrida entre milhões que a iniciaram (os adultos sabem bem quando e os mais novinhos já há tempos que aprendem na escola que aquela história de virem os bebés de Paris é coisa para enganar...meninos), no mesmo ano e vá de comemorar a efeméride em comunhão solidária.

Foi assim que procederam os NASCIDOS EM 1961 (reparem que o ano pode ser lido tanto da esquerda para a direita como desta para a esquerda se, neste caso, se inverter o número), numa iniciativa que começa a ganhar força de tradição uma vez que o vêm a fazer há já alguns anos, tendo-se reunido no passado sábado, dia 10 do corrente mês, no Tasco do Neu, para um convívio onde reinou a boa disposição e muita camaradagem.

Não sei quantos compareceram mas foram bastantes (por acaso a data que consta do meu cartão de cidadão é um pouquito mais antiga, deste modo não fazia sentido lá ir). Também não tem interesse divulgar as identidades dos comparsas pois são bem conhecidos, os trastes. A publicação no blogue é mais para lhes dar visibilidade e registar a iniciativa com vista a mobilizar outra geração que esteja disposta a levar a efeito um convívio similar. Mas apressem-se, enquanto andam por cá em número e com ânimo bastante para poderem participar...

h





1 comentário: