segunda-feira, 3 de setembro de 2012

ESPANTALHOS ESPANTARAM PELA QUALIDADE QUE APRESENTARAM


O "ESPANTALHO" OFICIAL DO PARQUE VERDE DE LANHESES.

             Um dos maiores sucessos deste 2º MILHEIRAL, a festa que ontem, dia 2 de Setembro, se realizou no Parque Verde de Lanheses (Viana do Castelo) e que decorreu sob a organização da respectiva Junta de Freguesia, foi o concurso de "ESPANTALHOS", um número que entrou pela primeira vez no programa do evento mas que faz todo o sentido seja mantido e melhorado nos anos futuros, não somente pelo interesse que despertou nos concorrentes e no público que teve oportunidade de os apreciar no local, mas, também, pelo enquadramento rural onde decorre o Festival.



               Como o título do post pretende sugerir os exemplares exibidos tinham imaginação e criatividade e muita "mão de obra", se bem que se lhes possa notar, pelo menos em alguns deles, um estilo de sofisticação excessivo quiçá derivado de não ter o regulamento uma articulado mais preciso, uma lacuna que não deverá ser descuidada para o futuro. Também, a escolha e constituição de um júri com vista à ordenação de uma classificação dos modelos apresentados, terá que ser cuidadosamente escolhida e ter as suas atribuições e competências perfeitamente definidas e claras e devidamente divulgadas e explicadas previamente.


              A abertura do concurso por lugares é aceitável considerando que o despique natural que se cria entre eles é estimulante e pode ser salutar. Mas não deve impedir-se a participação individual nem, até, que outras localidades a ele se candidatem em condições bem definidas. Em qualquer situação, é importante não esquecer que as iniciativas desta natureza, para as pessoas quando a elas aderem, elas dão mais valor a uma vitória do seu "boneco" do que propriamente ao valor monetário do prémio que lhes couber.

              Nem todos os espantalhos estão identificados relativamente ao lugar que representam. Optei por não divulgar as respectivas proveniências dos não nomeados com vista a  não condicionar ainda mais as apreciações dos visitantes do blogue às legítimas simpatias ou favoritismos que possam ter pelos seus autores e lugares onde vivam.



































            

             A NOTA TRISTE...

              

              

18 comentários:

  1. A realização do concurso dos Espantalhos foi sem dúvida um dos momentos altos da festa do Milheiral.Muita gente se envolveu em tal projecto.Contudo há algumas lacunas que devem ser corrigidas para evitar entrarmos em conflitos!
    Havia um regulamento que deveria ser cumprido,regulamento esse que devia excluir de participar no concurso todos os espantalhos que não cumprissem todas as premissas do mesmo. Contudo e para espanto dos muitos populares que assistiam e que se dedicaram de corpo e alma a tal projecto tal não aconteceu. O facto de no regulamento constar que os espantalhos deviam ser feitos com materiais recicláveis também suscitou dúvidas por parte das pessoas. Até que ponto uma saia de riscas ou mesmo uma cabeleira podem ser considerados materiais recicláveis? Desconheço o júri e muito menos se este leu o regulamento, o facto é que á muitas questões que podem ser levantadas! Quem sabe se a lacuna não está no próprio regulamento porque nao explica exactamente o que pretendiam e cada pessoa interpretou á sua maneira!
    Num próximo evento esses erros devem ser evitados, até porque se torna de certa forma injusto para quem se importou de seguir na íntegra o regulamento!
    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  2. sr remigio, faltao os nomes dos lugares nos palhaços, se nao so tenho pena nao ter estado presente nesse invento pois jà teve informaçoès que foi fantastico david pereira

    ResponderEliminar
  3. Muito bonitos os espantalhos!parabéns aos autores.
    é pena nao estarem todos identificados,uma vez que alguns o estao, por que nao os outros? Ou todos ou nenhuns, seria muito mais justo.

    ResponderEliminar
  4. atrasei minha viagem de propósito para ver este evento! fiquei maravilhado!foi dos eventos mais lindos que já vi!o futebol, as canções, as tendas, as danças, os comes e bebes, e os espantalhos feitos com requinte. tudo foi maravilhoso, tudo em convivio! e depois entrou pela noite dentro a lembrar os tempos antigos nas tascas de Lanheses. a junta de freguesia e o povo e lanheses estão de parabéns. josé manuel

    ResponderEliminar
  5. Alguns ilustres de Lanheses bem personificados..

    ResponderEliminar
  6. Mais espantalhos ? So espantalhos! mostrem o restos dos espantalhos.

    ResponderEliminar
  7. Para mim, este espantalho da AGRA e o numero "Um" mas parece-me que ja o vi ha anos, vestido com a mesma roupa!! Sera o mesmo? Mas tem beleza...o espantalho!

    ResponderEliminar
  8. O espantalho da AGRA, nem parece um espantalho. Parece uma boneca.Ou sera o espantalho do futuro? porque do passado nao é certamente. Lembro-me bem dos espantalhos que havia no meio do milho e que nada têm a ver com esse!
    Cada um tem a sua opiniao.Mas ha espantalhos muito mais bonitos e sobretudo mais simples!Aquele cujas maos sao vassouras para mim é lindissimo!

    ResponderEliminar
  9. Mas sr comemtador das 18.30 nao deixa de ter razao, mas para mim, e mais humano faz-me lembrar mais um ser humano...e so por issso que a meu ver merece o primeiro lugar! Este nao e um espantalho qualquer para se por no meio do milho! Repare bem no chapeu e na saia-de-roda!

    ResponderEliminar
  10. aonde està o comentàrio das 18:30

    ResponderEliminar
  11. Censura e mais censura... Sr. REMIGIO = PIDE ... SR. Remígio estabeleça alguma equidade e reveja os seus critérios de partilha de informação, está me a parecer que você se encontra gágá.. será da idade! lembre-se : já não deve nada á terra...

    ResponderEliminar
  12. Anónimo 6 de Setembro de 2012.13:31

    ?!?!?!?!|?!?!?!?!?!?!...................!!!???!!!.

    Estou a ser censurado de ter apagado a sua identificação? Ou será que receia que a terra lhe mande a factura a si...?

    Remígio Costa.



    ResponderEliminar
  13. um evento desta grandiosidade!só enobrece e engrandece Lanheses!está-se a falar de gostos!está-se a falar de uma falha! está-se a falar de promenores!está-se a falar no gozo!está a querer rebaixar!em organizações profissionais(com pessoal,com verbas,com acessores...) de grandes eventos a nivel mundial tem falhas! e muitos erros! está a quere-se o quê!tenham juízo e sejam agradecidos para engrandecer a vossa freguesia! josé manuel

    ResponderEliminar
  14. será gente! será chuva! será vento!mas eles não batem assim!então quem lhes fiz mal?será socrates!será passos!mas eles não batem assim?será alguma doênça!será nos olhos!será na cabeça!será no estomago!será inveja!tudo isto é muito esquisito! nada bate assim!manuel mendes

    ResponderEliminar
  15. Perdao o engano foi meu o Remigio Costa nao tem nada a ver, nem tao pouco merece esse comentario "desajustado" Eu, deveria ter dito 8.31 e nao 8.30! Como tal peco desculpa e regeito a ofenca, nao mercida.

    ResponderEliminar
  16. Ao comentador das 8.13 e nao 8.30 ou 8.31.As minhas desculpas.

    ResponderEliminar
  17. È triste ser padre numa terra assim , preso por ter preso por não ter , lamento , criticar é fácil , como criticar é dificil, falta saber as intenções ,á que dar valor a quem trabalha , os criticos negativos não são precisos os positivos sim mas com um sinal , ajudar a melhorar ,por alguns nada seria feito contudo diziam (e nada se faz ) bem hajam , parabem aos autoteres do invento , BEM HAJAM

    ResponderEliminar
  18. depois de ver estas fotos,imagino como deveria ser um domingo fantastico bem passado junto ao rio lima,tive pena nao poder estar presente,agora e de lamentar o comentario de certas pessoas,sempre a criticar o que se tem feito na freguesia,(essas mesmas pessoas seriam ou teriam capacidades para organizar estes inventos?)imagino que nao,temos e que agradeçer a todas as pessoas que trabalharam para que esta festa do milheiral tivesse o sucesso que teve, um abraço e muitos parabens pelo invento.jose m. sousa

    ResponderEliminar