sábado, 23 de junho de 2012

FUMAÇA DE SOLSTÍCIO DE VERÃO.

            

                 Está esta tarde a decorrer no Restaurante Teresa, no Largo Capitão Gaspar de Castro, em Lanheses, um almoço-convívio onde participam os apreciadores do fumo que usam o cachimbo, com a finalidade de criar em Viana do Castelo uma delegação do Clube Cachimbo de Portugal (CCP), com sede em Lisboa.

             MANSO PRETO é um apaixonado do cachimbo

                    Entre as pessoas envolvidas na iniciativa está o jornalista Manso Preto, figura bem conhecida do meio vianense, o qual tinha consigo outros apaixonados e coleccionadores do cachimbo de ambos os sexos, e que, no decorrer deste encontro irão promover uma prova com a finalidade de apurar aquele que mais tempo vai levar a consumir 3 gramas de tabaco no respectivo cachimbo e ser declarado vencedor. Entre os presentes há já alguns "veteranos" nesta espécie de prova contando, segundo eles, com boas "perfomance" no curriculo. 





                    Estão em exposição no local alguns exemplares muito elegantes e de design muito bonito deste instrumento de fumo, fabricados a partir de diferentes materiais e com cores variadas, características e forma de utilização são explicadas ao pormenor por um elemento da Comissão constituinte. Estão, também, à venda algumas peças e onças de tabaco próprio. Para dar colorido e animação ao encontro, estão presentes algumas moças vestindo trajes regionais minhotos e Né Bastos executa na concertina peças do folclore nortenho.

                     Como foi salientado por um dos elementos da futura delegação esta iniciativa não visa estimular ou incentivar o consumo de tabaco.





                   

                   

             

12 comentários:

  1. O Sr. Manso Preto e o pessoal que muitas vezes se faz encontrar junto ao restaurante Teresa devem realmente gostar de fumar os ingredientes alternativos. A policia de Lanheses por sua vez, é uma sombra de si mesma. Vivem para acumular postos de servidão da sua própria servidão. "Ridedendo Castigast Moris"

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tudo dor de cotovelo. Esconde-se atrás do anonimato. Toda a gente conhece o Dr. Manso Preto pela coragem e frontalidade contra o tráfico de droga. Ele assina o que publica e quem escreveu um livro denunciando os mafiosos só deve merecer o nosso reconhecimento.
      Tristeza.
      Vera Reymao

      Eliminar
    2. Nesta terra é só inveja, não podem ver uma pessoa bem: o home não pode ir lá comer? Sempre dá movimento à nossa terra a festa que fizeram ou acham melhor que fosse noutro sítio, no Camelo ou em Ponte deLima?

      Eliminar
    3. Inveja. Preferem que em vez de visitar a nossa terra e organizar festas aqui, vão para o Camelo ou Ponte de LIma? Eu nem conheço o homem, nem me interessa mas vê-se logo que querem é dizer mal pelo mal. Não podem ver os outros bem. Gente complicada e a nossa terra tem fama de ser hospitaleira fora uns tristes.
      IV

      Eliminar
    4. Tudo inveja! Fumar cachimbo é uma arte. Provavelmente o seu comentário negativo é de alguém que "vive na toca" e aposto que tem uma vida isolada e sem amigos. Cure-se com os tais ingredientes alternativos, tais como os utilizados na medicina convencional ou na medicina alternativa.

      O Guarda Republicano que vive à sua sombra!

      Eliminar
    5. Voltamos sempre ao mesmo, a covardia de muitas pessoas fazem com que escrevam estes comentários… Quanto aos ingredientes alternativos eu gostava de ter uma conversinha com o palhaço/a que em casa bem escondida deve beber um garrafão de vinho e não se vai ver ao espelho. Deixem de falar daquilo que não sabem ou que pensam que sabem. O mal desta terra é falar pelos outros e dos outros, é triste mais é verdade. Com os maiores cumprimentos Miguel Amorim.
      Ah! Cuidado com os ingredientes alternativos…

      Eliminar
  2. Mais um parvo que não sabe o que diz

    ResponderEliminar
  3. É de baixo nível não dar a cara e esconder-se atrás do anonimato. Toda a gente conhece o Dr. Manso Preto e o seu percurso profissional e assina tudo o que escreve, é frontal e um lutador. Precisavamos muito de pessoas como ele. E o restaurante se fez aquilo é porque tinha tudo legal não iam divulgar nos jornais antes para depois aparecer a GNR. Cá para mim, que não sou ingénua, é tudo dor de cotovelo...

    ResponderEliminar
  4. Mas a anonima de 25 de Junho 21:47,também nao deu a cara e portanto escondeu-se atràs do anonimato. Està-se a criticar a si mesma!

    ResponderEliminar
  5. Excelente iniciativa! É pena que não hajam mais iniciativas destas na região, pois é sempre uma forma de promover a gastronomia local e promover a zona do Alto-Minho.
    O Dr. Manso Preto é uma referência pelo excelente trabalho que tem feito a nível regional e Nacional, assim como por motivar as pessoas a reunir-se em convivios tendo por base sempre um tema. Trata-se de uma imagem de marca, pelo que é triste como algumas pessoas do nosso país se dignam a escrever...

    Quanto aos parvos, já diz o povo: "os cães ladram e a caravana passa"...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. nem para dà para rir david pereira

      Eliminar