quinta-feira, 3 de maio de 2018

LAVADOURO DE GONDIZALVES

                      

   LAVADOURO DE GONDIZALVES

Gondizalves no passado
foi tanque de água corrente
tudo ali era lavado
pano ou vida de gente

Os anos foram correndo
outros hábitos se criaram
depressa foi fenecendo
o que antigos usaram

Passou o tanque à história
lismos e eras cobriram
os  vestígios da memória
que no agueiro sumiram 

Resgatado ao olvido
e total degradação
lá foi feita com sentido
a útil intervenção

Tudo ficou num brinquinho
Como flor em floreira
e sorrindo no cantinho
está lá a lavadeira 

Com alguidar encimado
com roupa que não lavou
Está com ar desolado
no buraco em que ficou

Ao vê-la com ar assim 
por ela eu sinto dor
pois fosse ela jasmim
em tudo há lá amor.





Foto: doLethes
Remígio Costa


















Sem comentários:

Enviar um comentário