quinta-feira, 7 de setembro de 2017

EXCENTRICIDADES DA BATATA DOCE.



  O consumo da batata doce traz benefícios relevantes para a saúde dos consumidores. Contudo, a sua "prima" batata comum, é a preferida na confeção da maioria dos pratos da dieta tradicional diária, sendo um produto recorrente de produção doméstica, em maior ou menor escala.

   Para estas bandas, a batata doce (tem outras designações mas não tão usadas) tem aplicações na culinária mais específicas e suplementares, sendo a sua cultura muito reduzida e praticada em pequenas porções de terreno, frequentemente em  hortas e pomares no logradouro das moradias, muitas vezes como hoby de pessoas retiradas da atividade profissional.

  É o caso do nosso conterrâneo José Rodrigues de Carvalho, com moradia no Lugar do Barreiro, em Lanheses, o qual deu por concluída a sua atividade laboral no estrangeiro depois de anos de dura labuta e não menos sacrifício, e se fixou definitivamente na terra de origem para se ocupar no trato das suas árvores de fruto (magníficas na produção atual, como tive oportunidade de confirmar), legumes e aves de capoeira, para consumo próprio, à semelhança de outros amigos com idênticos percursos de vida.

 É daquela ocupação que resulta a oportunidade do facto que pretendo aqui divulgar. O amigo Zé Carvalho, próximo de Avelino Carvalho que há tempos atrás me tinha surpreendido com a apresentação de uma abóbora descomunal cultivada na horta da sua casa, quis espantar-me com as exóticas figuras em que se transformaram algumas sementes de batatas doces criadas num pequeno canteiro da sua horta-jardim! Sem truques ou influência artificial, as deformidades físicas da saborosa espécie originária dos Andes e disseminada por toda a parte ( Cristóvão Colombo conheceu-a  no Novo Mundo) metamorfosearam-se em figuras extravagantes que a imaginação de cada personificará conforme a grandeza da criatividade que o cérebro atingir.

 Esclarece-se que, parecendo as peças fracionadas e sobrepostas trata-se, efetivamente, de uma só batata doce.

 Cada exemplar é fotografado em duas (ou três) posições diferentes para melhor visualização.

NOTA: numerei cada um das fotografias, com o objetivo (e a esperança...) de conhecer o que cada uma das figuras representa para quem as vir, e o divulgue, aqui ou no facebook.

                       Nº 1

                            
                                Nº 2


                                Nº 3



                               Nº 4

                 
                               Nº 5


                                Nº 6


                                Nº 7


                                                     CONJUNTO

Fotos: doLethes
Remígio Costa

 

Sem comentários:

Enviar um comentário