segunda-feira, 26 de setembro de 2016

NO LAVAR DOS CESTOS RESTOU UM (PRECIOSO) BAGO.

AF Viana do Castelo
Campeonato distrital da 1ª Divisão
1ª jornada
Campo 15 de Agosto, Lanheses (Viana do Castelo)
2016.09.25
Bom tempo - Excelente relvado

                                           UDLANHESES E DIRIGENTES


    UD LANHESES, 1 - AD Chafé (Viana do Castelo, 1
                                 (ao intervalo: 0-0)

UDL: Diogo, Thomas, Faizão, Lomba (C), aos 63' Polido, Guti, aos 85' Huguinho, Dani, Faneca, Kitos, Peixe, Pedrinha, aos 80' Leo e, Vítor Sousa. Suplentes não utilizados: Rocha, Edu, Gui e Ribeirinho.

Treinador: Miguel Kitos

ADC: Porfírio, Joni, André, Pinto, Ricardo, Ribeiro, Petina, aos 80' Domingos, Escola, aos 87' Filipe, Bruno Meira, aos 66' Miguel, Barbosa e Pedro. Suplentes não utilizados: Márcio, Joca, Ricardo Araújo e Peixoto.

Treinador: Ricardo Queirós

                                AD CHAFÉ E DIRIGENTES

Árbitros: Bruno Costa, Pedro Sousa e João Seixas.

Cartões: UDL: Guti, amarelo, aos 38'. GDC: amarelo, Petina aos 80'; vermelho: Miguel, aos 74' (agressão).

GOLOS: 0-1, aos 64' por Petina, concluindo de cabeça um centro da direita. 1-1, aos 89', por Vítor Sousa, na execução de pontapé de livre direto perto do bico da grande área, do lado esquerdo, com a bola a entrar junto do poste contrário.


             A primeira parte o jogo decorreu com acentuado equilíbrio territorial das duas formações numa toada enérgica mas de qualidade reduzida. Algumas vezes em ambas as balizas aconteceram lances onde o golo poderia ter surgido mas goraram-se por deficiente conclusão, aos 14' por Lomba na sequência de um canto, aos 25' na melhor jogada até então do UDL com Lomba a isolar-se e a permitir que Porfírio saísse a tempo da baliza cortando o lance, sendo os visitantes que, aos 29' poderiam ter aberto o marcador num desentendimento entre Peixe e Diogo e um avançado da equipa de Chafé a rematar com perigo perto do poste. 
           No segundo período a toada de jogo não foi muito diferente havendo porém  de notar-se que os visitantes vieram do balneário com ânimo acrescido e, embora de novo Porfírio negasse com excelente intervenção um golo aos 61' à equipa de Kitos, foi  o Chafé a adiantar-se no marcador aos 64' e, pouco depois, o autor do golo, Petina, a atirar de cabeça desta vez à barra uma bola de golo feito que daria o 0-2, aos 62'; aos 86' é de nova Dani que perto da baliza chuta para golo mas o guarda redes forasteiro voltou a negá-lo  com nova grande intervenção; já em período de reposição de tempo (5' bem concedidos por Bruno Costa) foi Vítor Sousa que de livre direto rematou rente ao poste da baliza de Diogo e aos 92', Dani atira fraco e à figura a derradeira chance para chegar ao triunfo, mantendo-se no final a divisâo pontual sem que se possa falar de flagrante injustiça no cômputo final do que foi o desempenho dos dois conjuntos.

           Miguel Kitos deverá estar consciente de que a sua equipa terá que melhorar bastante mais, quer no desenho das posições das pedras do meio campo onde hoje se criaram demasiadas clareiras, quer no aspecto físico de alguns dos elementos da equipa, os quais, à vista desarmada aparentam excesso de peso.



           Nem uma nem outra equipa terá razões válidas para se desculpar do empate com a arbitragem. Não anotei qualquer erro grave nas decisões da equipa dirigida por Bruno Costa pelo que considero que o seu desempenho foi bom. Muito bem a distinguir falta de simulação de falta e de perda de tempo dos guarda redes que, de forma infantil, copiam o que de pior veem fazer nas transmissões televisas: quando lhes convém levantam as luvas e pedem assistência. Ridículo. Deixem-se de atitudes anti desportivas, são amadores não são profissionais.
 
                                     ALGUNS LANCES DO ENCONTRO
            






                            GOOOOOLO DO EMPATE!


         
                      RESULTADOS DA 1ª JORNADA

 
                   GD Vitorino de Piães      - Atlético dos Arcos AD (adiado)
                   SC Courense, 2           - SC Valenciano, 1
                   GD Castelense , 0        - SC Vianense, 1
                   Vila Fria 1980, 0          - Neves FC, 1
                   UD Lanheses, 1           - AD Chafé, 1
                   ADC Correlhã, 2          - Desportivo de Monção, 1
                   CRC Távora, 2             - AD Campos, 0
                   GD Cerveira, 5             - ACR Arcozelo, 0




 
Fotos:doLethes
Remígio Costa


















































































































2 comentários:

  1. Anónimo25 de setembro de 2016 às 21:00

    Seria interessante fazer um comentário mais ético e real do que se passou. Apenas o guarda redes forasteiro pediu assistência várias vezes. Falar no plural é fraudulento. Interessante é ocultar os pênaltis a favor da equipa da casa. Ser amador não significa distorcer a realidade.

    ResponderEliminar
  2. Não tivesse lido hoje no jornal O JOGO um comentário de José Manuel Ribeiro sobre a encenação, em geral, protagonizada pelos guarda redes quando, em situação de vantagem no resultado da sua equipa se "lesionam" várias vezes nos derradeiros minutos de jogo solicitando intervenção médica, este comentário apócrifo não teria resposta da minha parte.
    Assim:
    Quando quis referir-me às interrupções do jogo para assistência solicitada pelo guarda redes, pensei mais no que é (má) prática corrente ver-se como expediente táctico quando se pretende "queimar" tempo. Obviamente, a anormalidade desportiva só acontece com o guarda redes da equipa que se encontra em vantagem no marcador, como se verificou no último domingo. Alguém terá pensado que estava a referir-me ao Diogo? Onde está, então, a fraude ou o escamotear da realidade?
    Desconheço o conceito que autor anónimo do comentário tem sobre ética (há muitos como sabe, cada um tem o seu). Admito que seja uma área que domina com competência e seriedade, talvez seja catedrático, sendo que fazer acusações insustentáveis sob anonimato é pormenor irrelevante, não mancha a reputação...tenho que receber (ainda) mais lições de tão iminente professor...

    Tenho o pressentimento, ainda que algo ténue pois não sou psicólogo diplomado, que o autor do comentário ficou enervado com o resultado, mais do que se fosse simples adepto. De tal modo que terá visto uma boa meia dúzia de penalties a favor da nossa equipa, que a mim, sócio nº 6 do UDL que até poderia ser o nº 1 (porque a data de inscrição é igual à do meu amigo Domingos Casimiro de Araújo Gomes), ex-atleta, responsável depois pela equipa em várias ocasiões, dirigente, lanhesense apaixonado e bairrista praticante, que faz o que pode para divulgar e enaltecer o que de melhor tem Lanheses, apesar de amador e sem salário ou prebendas, o torrão onde nasceu e onde sempre viveu, que não registei porque talvez precise de mudar de lentes, lamento não ter acesso às imagens que o autor possivelmente terá colhido e as possa mostrar para eu, sinceramente, pedir desculpa aos técnicos e aos jogadores e poder penitenciar-me por não ser tão límpido e sagaz quanto o foi o autor incógnito do comentário.

    Remnígio Costa


    ResponderEliminar