terça-feira, 7 de janeiro de 2014

A TORRE DOS CLÉRIGOS.

       
 A Igreja dos Clérigos e, mais propriamente, a sua famosa Torre é um dos mais representativos monumentos da capital do Norte, a "mui nobre, sempre leal e invicta cidade do Porto". É uma criação do projectista de origem italiana Nicolau Nasoni, que se radicou na cidade do Porto na época de há cerca de 250 anos atrás. Distingue-se pelas linhas octogonais da sua estrutura de paredes graníticas, seccionada em três divisões principais: o corpo central da igreja, a capela-mor e o espaço interior destinado a serviços. A Torre única, (chegou a ser pensada a construção de duas mas a ideia foi posta de lado dada a exiguidade do local) com 75 metros de altura, está situada na parte posterior do corpo da Igreja, contrariando a tendência corrente própria dos templos católicos da época que as erguia  na fachada principal, uma opção quase original  que pela primeira vez tinha sido implantada em Braga, na igreja de S. Vicente, podendo avistar-se de quase todos os pontos da área metropolitana da Cidade Invicta.

 Vista parcial do interior da Igreja.



        A Torre dos Clérigos é considerada uma jóia do barroco, tem um conjunto de balaustradas e nichos com imagens de oragos, e permite o acesso interior de visitantes até ao último patamar galgando duzentos e quarenta degraus em granito. Mas é compensador o esforço de chegar ao cimo para poder admirar uma paisagem incrível do velho burgo portuense, a Catedral da Sé e residência de D. Pio Gonçalo que dirige actualmente a importante Diocese do Porto, com o Douro em baixo, os típicos rabelos, as pontes metálicas velhinhas e a elegância das novas, os antigos armazéns das mais famosas marcas do Vinho do Porto na margem esquerda do rio, em Vila Nova de Gaia e (quase) surreal cenário onde o mar abraça o rio, na Afurada e na Foz.


        A Torre dos Clérigos é, nos dias de hoje, um dos monumentos mais visitados do país, principalmente por turistas asiáticos e oriundos da América do Sul, que ficam extasiados perante a tanta imponência e beleza arquitectónica. 




O Porto em cinco imagens, visto do cimo da Torre dos Clérigos.





            Fotos do doLethes

Sem comentários:

Enviar um comentário