domingo, 29 de março de 2015

AMORES E FLORES

               

                    flores e amores.

Versos, para serem lindos
devem falar de flores;
sugerem beijos infindos,
são fonte de doces amores.

Dão sentido à primavera
levam noivas ao altar,
e com elas se esmera
um ramo para ofertar.

Em beleza se igualam
no estilo e policromia
e do perfume que exalam
a alma nos enibria.

Tão belas e femininas
flores semelham mulheres,
delicadas clementinas
vistosas como nenúferes.

Ridente é o tempo das flores,
a sua ausência é melancolia,
saudade de vividos amores
da juventude já esmorecida .

 
 


Fotos: doLethes
Remígio Costa
 
 
 




 

 
 
 
 


 

 



 

Sem comentários:

Enviar um comentário