segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

TECNOLOGIA AO SERVIÇO DA SEGURANÇA E DIVULGAÇÃO DO PATRIMÓNIO RELIGIOSO DE LANHESES (Viana do Castelo).

   Capela do Senhor do Cruzeiro e das Necessidades, Igreja paroquial e Centro social e paroquial de Lanheses (Viana do Castelo)

                 A instalação de meios tecnológicos na Igreja paroquial de Lanheses (Viana do Castelo) que irão possibilitar a transmissão em tempo real através da internet dos atos religiosos que ali ocorrerem e obtiverem prévia anuência do pároco residente, está concluída e em fase de testes de fixação de imagem e qualidade de som. O acesso ficará disponível através de link a divulgar à semelhança do que agora já se verifica a partir do dia 8 deste mês com a Capela do Senhor do Cruzeiro e das Necessidades. (v.g. post anterior).


             O sistema ora instalado no espaço interior da Igreja compreende uma câmara fixa para a visualização permanente ou ocasional e outra speed Dome 360° com a qual é possível ver e acompanhar em tempo real todo interior da igreja e as cerimónias que ali ocorrerem; o som sairá de todos os micros para este sistema, permitindo assim ver e ouvir as cerimónias apenas e só quando autorizadas e previamente anunciadas pela autoridade eclesiástica paroquial. Cinco das sete câmaras que compõem o sistema estão direcionadas para a vigilância exterior do adro e interior da Capela do Senhor do Cruzeiro e das Necessidades.

            Os encargos do apetrechamento do sistema com o qual se  pretende estabelecer uma zona de segurança eficaz em defesa da preservação do património religioso da freguesia e, simultaneamente, de facultar à relevante diáspora lanhesense em todo o mundo uma proximidade ainda que virtual da terra onde nasceram e com a qual mantêm laços de grande afetividade, estima-se em cerca de sete mil euros foram assumidos pela Confraria do Senhor do Cruzeiro e das Necessidades em exercício no triénio 2014/2016.

Foto; doLethes
Remígio Costa

1 comentário:

  1. As despesas, Foi a frabriqueira? Ou foi a comissão de festas do senhor das Necessidades?

    ResponderEliminar